PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Complicações em uma rinoplastia são comuns, como ocorreu com Sthe Matos?

Sthefane Matos mostra o enxerto no nariz - Reprodução/Youtube
Sthefane Matos mostra o enxerto no nariz Imagem: Reprodução/Youtube

Samantha Cerquetani

Colaboração para o VivaBem

14/12/2020 18h07

Muitas vezes, realizar uma cirurgia plástica é um sonho e algumas pessoas passam meses planejando. Mas algumas complicações podem ocorrer durante ou após o procedimento. Foi o que aconteceu com a influenciadora Sthefane Matos após realizar uma rinoplastia (cirurgia no nariz).

Na última quinta-feira (10), ela revelou em um vídeo do Youtube que realizou o procedimento no nariz em fevereiro. Como não gostou do resultado, a jovem de 22 anos precisou fazer uma nova cirurgia no mês passado. "Eu tinha um nariz saudável, perfeito. Eu fiz uma rinoplastia para poder me encaixar em um padrão de beleza que não existe. O nariz não ficou bom, ficou muito curto, sem ponta, torto. Um lado era menor que outro, deformado", compartilhou com seus seguidores.

Sthefane Matos mostra como ficou sua aparência após o enxerto no nariz - Reprodução - Youtube - Reprodução - Youtube
Sthefane Matos mostra como ficou sua aparência após o enxerto no nariz
Imagem: Reprodução - Youtube

No entanto, a pele do seu nariz não sustentou a nova estrutura e abriu três vezes. "Um dia eu acordei e meu nariz estava aberto, a cartilagem completamente exposta. Foi muito desesperador". A influenciadora precisou viajar da Bahia até São Paulo para realizar uma cirurgia de emergência. Foi necessário enxertar pele do lábio e da orelha no nariz. Logo após o procedimento, a pele do nariz ainda ficou com cores e texturas diferentes.

Complicações e novos procedimentos

De acordo com Dênis Calazans, presidente da SBCP (Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica), não é que em todas as rinoplastias ocorrem complicações assim, mas, da mesma forma como ocorre com qualquer cirurgia plástica, ela envolve riscos e complicações, além de resultados insatisfatórios. "Complicações e intercorrências são inerentes a qualquer procedimento cirúrgico", disse.

As pequenas complementações cirúrgicas, como as feitas por Sthefane, são fatores que ajudam a minimizar as complicações e podem ser necessárias para melhorar a parte estética e funcional do nariz.

"Isso não significa que deu algo errado durante a cirurgia. O enxerto é usado para repor a cartilagem e estruturar o nariz. Outro fator importante é em relação à cicatrização, que varia de acordo com o organismo. Por isso, é importante seguir todas as recomendações médicas antes e após a cirurgia", afirma.

Para Calazans, o ideal é esperar de seis meses a um ano para realizar uma nova cirurgia, caso a pessoa não tenha gostado do resultado. "O primeiro passo para evitar complicações após uma cirurgia plástica é a escolha do cirurgião, que deve ser especialista na área e qualificado para realizar o procedimento. O paciente deve conhecer os detalhes da cirurgia, como possíveis complicações, riscos e tempo de recuperação", completa.

Além disso, o presidente da SBPC destaca que é fundamental seguir as recomendações do especialista, para garantir o sucesso do procedimento. "A cirurgia plástica é algo que envolve planejamento. Hoje é bastante comum que seja realizada por moda e a pessoa pode se arrepender do resultado. E é preciso tomar cuidado com as propagandas enganosas realizadas nas redes sociais com fotos manipuladas. Qualquer cirurgia deve ser feita em uma clínica ou hospital para garantir a segurança do paciente", finaliza.

Saúde