PUBLICIDADE

Topo

Pergunte ao VivaBem

Os melhores especialistas tiram suas dúvidas de saúde


Pergunte ao VivaBem

Quando meu ouvido entope, o nariz também fica tampado; há uma relação?

Daniel Navas

Colaboração para o VivaBem

10/11/2020 04h00

Resumo da notícia

  • Não, geralmente ocorre o contrário: o nariz entupido leva ao ouvido tampado
  • Isso acontece porque a tuba auditiva, canal que liga o nariz aos ouvidos, fica bloqueada por algum motivo e o ar não consegue entrar no ouvido
  • Isso é bastante comum em gripes e resfriados, voos de avião ou outras mudanças de altitude
  • Mas se o problema não for passageiro, é importante buscar ajuda médica, pois podem ser outros problemas

Não, na verdade acontece o contrário: quando o nariz está entupido, geralmente o ouvido também fica tampado. Isso ocorre porque existe um canal, chamado de tuba auditiva, que comunica a parte posterior do nariz com os ouvidos, permitindo a entrada de ar e a saída das secreções que o ouvido produz. Essa ligação é importante para manter o equilíbrio de pressões nos ouvidos e garantir um bom funcionamento do órgão.

Quando existe algum bloqueio da tuba auditiva, o ar não consegue entrar no ouvido e ocorre uma variação de pressão no interior dele, o que causa a sensação de estar tampado. Isso é muito comum durante gripes, resfriados e rinite alérgica, voos de avião, ou outras mudanças de altitude. Mas quando o problema persiste, é obrigatória a avaliação com o médico otorrinolaringologista, pois podem existem outras causas mais graves e que podem levar a danos importantes nos ouvidos e na audição (e muitas vezes não estão ligadas ao nariz).

A começar pelo acumulo de cerume, que obstrui o canal auditivo, e também por conta da limpeza com hastes flexíveis de algodão, que empurram a cera mais para dentro, causando o entupimento dos ouvidos. Outra causa do problema é o desenvolvimento de um calo ósseo, que é o crescimento anormal no osso do canal auditivo. Chamado de exostose, o problema geralmente atinge pessoas que estão constantemente em contato com temperaturas mais baixas, ou águas geladas, como do mar, por exemplo.

O tratamento, claro, vai depender da causa do ouvido entupido. Mas pode variar entre o uso de descongestionantes orais por um a dois dias, para proporcionar um alívio em gripes e resfriados, medicamentos de uso tópico (diretamente no ouvido), lavagem nasal ou auditiva e até procedimentos cirúrgicos.

Mas para evitar que o problema aconteça, o primeiro passo é impedir ao máximo o entupimento do nariz. Portanto, seguir à risca o tratamento para gripes, resfriados e rinite alérgica. Também é de extrema importância nunca introduzir qualquer objeto nos canais auditivos. E isso inclui as hastes flexíveis de algodão. Os ouvidos têm uma espécie de sistema autolimpante, no qual a cera naturalmente vai sendo expulsa para fora das orelhas. Além disso, esqueça métodos caseiros para tentar desentupir nariz e ouvido. A melhor solução é sempre buscar ajuda médica.

Fontes: Edson Ibrahim Mitre, presidente da SBO (Sociedade Brasileira de Otologia); Édson Monteiro, otorrinolaringologista do Hospital Santa Marcelina, em São Paulo; Giuliana Beduschi, médica residente em otorrinolaringologia do Hospital de Clínicas de Porto Alegre.

Pergunte ao VivaBem