PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Nova biópsia é capaz de analisar 324 genes relacionados ao câncer; entenda

iStock
Imagem: iStock

Do Vivabem, em São Paulo

26/09/2020 17h12

Um novo teste acaba de chegar ao Brasil e pode ser mais uma aliado no diagnóstico e tratamento do câncer. Trata-se de uma biópsia líquida, produzida pelas empresas Roche e Foundation Medicine, que é capaz de analisar 324 genes relacionados à doença.

Para realizar o procedimento, o paciente é submetido a uma coleta de sangue simples e sem necessidade de internação. A grande vantagem da técnica é que ela pode ser indicada ao longo do tratamento para pacientes com qualquer tipo de tumor sólido e é uma substituição à biópsia tecidual ou complementar a ela.

O objetivo da terapia é fazer com que cada vez mais tratamentos relacionados ao câncer sejam personalizados, promovendo uma diagnóstico mais assertivo e agindo também na progressão da doença.

Como funciona o resultado do exame

Ao realizar a biópsia, o laudo do exame apresenta o resultado da análise de 324 genes relevantes para o câncer, incluindo os biomarcadores recomendados pelas diretrizes médicas para utilização de terapias-alvo, além da avaliação da carga mutacional do tumor (TMB) e da instabilidade de microssatélites (MSI), parâmetros que auxiliam os especialistas na decisão sobre o uso de imunoterapias.

Os resultados trazem ainda informação sobre a fração tumoral, um indicativo da probabilidade de detectar alterações genômicas nas amostra líquida, bem como estudos clínicos relevantes de acordo com o perfil molecular de cada paciente.

Saúde