PUBLICIDADE

Topo

Conexão VivaBem

Vitalidade


Cardiologista recomenda 7 fatores que previnem doenças do coração

Do VivaBem, em São Paulo

28/08/2020 11h00

No Conexão VivaBem desta sexta-feira (28), o cardiologista Pedro Silvio Farsky disse que há sete fatores que, se seguidos ao longo da vida, previnem doenças cardíacas e garantem um envelhecimento saudável.

Segundo ele, elas se aplicam a qualquer idade. Por mais que o jovem tenha muito menos chance de ter um problema cardíaco do que uma pessoa com mais idade, ele pode ajudar nessa prevenção. "Não é que você fuma hoje e infarta amanhã, você vai ter que fumar por algum tempo até desenvolver a doença", disse. "A chance de o jovem ter uma doença cardíaca é pequena, mas ele mantendo os fatores de risco durante a vida inteira, vai aumentar o risco de ter um problema cardíaco".

Farsky disse que as consequências raramente aparecem aos 20 ou 30 anos, mas começam a partir dos 40 anos. É por esse motivo que as diretrizes internacionais dizem que é obrigatório fazer um check-up a partir dos 40 anos, para uma avaliação de risco. "Antes dessa idade é útil, mas depois dela é importante". Isso porque, quanto antes for identificado um fator de risco, melhor. "Se a gente conhecer alguém com colesterol muito alto, é obrigatório começar a tratar desde muito cedo, e não esperar essa pessoa ter um infarto para começar a tratar. A gente tem que prevenir a doença", disse.

Veja a seguir a lista dos sete fatores protetores de uma doença do coração:

  1. Alimentar-se bem e de forma equilibrada;
  2. Fazer exercícios regularmente;
  3. Não fumar;
  4. Manter a pressão arterial controlada;
  5. Manter os níveis de glicose controlados;
  6. Manter o colesterol controlado;
  7. Ter um peso saudável.