PUBLICIDADE

Topo

Conexão VivaBem

Saúde da mulher


Natália Lage: "Há uma pressão para as mulheres estarem sempre no auge"

Do VivaBem, em São Paulo

13/08/2020 15h00

No Conexão VivaBem desta quinta-feira (13), a atriz Natália Lage disse que as mulheres estão constantemente sob uma pressão para serem jovens. "Na minha profissão, então, é de uma maneira extraordinária, porque tem essa questão da supervalorização da beleza. Tem uma pressão externa e interna para as mulheres estarem sempre no auge e brigando com o envelhecimento", revelou.

Segundo ela, é difícil encontrar atrizes para papéis mais velhos, justamente devido a essa busca pela juventude estética. "Não existem mais mulheres com cara de 70 anos, todas estão com cara de 50 anos, de 45. É muito triste, porque tem uma beleza própria de cada idade", disse.

Lage disse que não há uma moderação nos procedimentos estéticos, o que faz com que um padrão de rosto jovial seja reforçado. "Está todo mundo igual, umas bocas, uns queixos quadrados. As meninas viram todas do mesmo padrão. É um negócio muito esquisito".

A geriatra Maisa Kairalla afirmou que, enquanto as mulheres se preocupam com a estética, os homens se apegam às mudanças na atividade sexual. "Os homens, quando envelhecem, têm alguma disfunção sexual e isso é realmente um grande problema para eles. Motivo inclusive para a depressão". A médica disse que essa preocupação também é muito cultural, uma vez que no Brasil a perfeição é uma cobrança. "Mas quanto mais a gente entender, quanto mais a gente aceitar o envelhecimento, melhor ele será", disse.