PUBLICIDADE

Topo

Equilíbrio

Cuidar da mente para uma vida mais harmônica


Equilíbrio

Jéssica Ellen diz que começou terapia no início da carreira: 'Lugar seguro'

Jéssica Ellen começou ontem uma série de lives sobre saúde mental no Instagram - Reprodução/Instagram @jessicaellen
Jéssica Ellen começou ontem uma série de lives sobre saúde mental no Instagram Imagem: Reprodução/Instagram @jessicaellen

De Viva Bem, em São Paulo

01/06/2020 10h35

Jéssica Ellen, de 27 anos, afirmou que faz terapia desde o início da carreira para lidar com a exposição pública. A atriz, notabilizada pelos papéis na minissérie "Justiça" e nas novelas "Filhos da Pátria" e "Amor de Mãe", iniciou ontem um ciclo de lives voltadas para a saúde mental na pandemia.

Em entrevista à Marie Claire, Jéssica falou sobre a importância de cuidar da mente. "Encontrei na terapia um lugar seguro em que podia conversar sobre minhas inquietudes e as coisas que eu sentia", contou. "Isso me trouxe uma tranquilidade e saúde mental."

"Comecei a fazer terapia quando iniciei minha carreira e a me expor publicamente, sou uma pessoa muito reservada e tive que aprender a lidar com a fama", relatou a atriz.

"Sempre tive um entendimento de que somos muito complexos, não somos só corpo, somos mente e sentimento", disse a atriz, que afirmou ter percebido isso quando entrou em contato com a arte. "Tive como base não só a arte pela excelência, mas também como ferramenta de autoconhecimento", contou.

Jéssica recebeu o babalorixá Dario Firmino e a instrutora da arte de viver Carol Maia na estreia do ciclo de lives, chamado "Domingos de Autocuidado".

"Cresci com uma família de fé muito forte", contou. "Fé em Deus mesmo quando as dificuldades aparecerem, minha mãe sempre foi uma referência de fé e religiosidade pra mim e a espiritualidade foi me apresentada desde muito nova."

Além do candomblé, que é sua religião, Jéssica contou que lança mão de práticas como ioga, meditação, atividade física e técnicas de respiração para cuidar da mente. "São essas práticas espirituais que me mantêm centrada, mesmo diante do caos que nosso ritmo de trabalho provoca", disse.

Ela contou à revista que, em função da quarentena, sentiu a necessidade de falar mais sobre saúde mental com seus seguidores.

"A internet é uma ferramenta maravilhosa que possibilitou acesso e que as pessoas produzissem seus próprios conteúdos, mas ao mesmo tempo houve uma aceleração muito grande do fluxo de informações, por isso acho que a gente tem que aprender a usar a internet de forma saudável", explicou.

Equilíbrio