PUBLICIDADE

Topo

Chá de salsa emagrece? Veja 6 benefícios dessa bebida

iStock
Imagem: iStock

Patricia Beloni

Colaboração para o VivaBem

23/04/2020 04h00

Resumo da notícia

  • O chá de salsa é uma bebida com diversas propriedades medicinais, famosa por ser diurética e auxiliar no bom funcionamento dos rins
  • Possui poucas calorias e, se associado à alimentação saudável e exercícios, pode ajudar no processo de emagrecimento
  • Quando associado ao limão, pode ter suas funções potencializadas, aumentando a capacidade de absorção do ferro
  • Pode ter efeitos colaterais se consumido em excesso e tem contraindicações, por isso é importante ficar atento

O chá de salsa ou salsinha é uma bebida feita com a erva picada e água em infusão, que possui propriedades medicinais devido a todos nutrientes que possui. É muito conhecido por sua ação diurética, capaz de aumentar a atividade renal, ajudando no trato urinário inferior e os rins.

Ele pode ser feito com apenas com as folhas ou com as raízes da planta e possui poucas calorias, cujo valor depende muito da quantidade de salsinha colocada. Uma colher de sopa de salsa tem cerca de 1,8 kcal. Mas, se a infusão de salsa for coada, a bebida será praticamente isenta de calorias. Em geral, pode conter de duas a seis kcal por porção.

O chá de salsa tem componentes fitoquímicos como flavonoides, carotenoides e nutrientes como ferro, potássio, magnésio, ácido fólico, vitamina A, B e C que, se ingeridos regularmente como parte de uma alimentação saudável, podem trazer efeitos benefícios ao organismo.

Por ser diurético, ele ajuda na eliminação de líquidos. Além disso, como a salsinha possui propriedades antioxidantes, a bebida também ajuda a prevenir o envelhecimento precoce e o aparecimento de algumas doenças.

Chá de salsa emagrece?

De acordo com a nutricionista Erica Fernanda, do Hospital 9 de Julho, ele não tem nenhum papel de queimar gordura, emagrecimento propriamente dito ou aumento de taxa metabólica basal, especificamente.

Porém, pode ajudar no processo de emagrecimento, porque faz parte "do processo de alimentação saudável por ter bastante nutrientes e ajudar na eliminação de líquidos —se aliado à atividade física". Entenda melhor os benefícios desse chá:

1. Ajuda na digestão

A erva contribui para o estímulo da liberação de enzimas do estômago e de ácido clorídrico, fundamentais para seu funcionamento, e, através do óleo volátil que possui nas sementes, ajuda nos movimentos do intestino e também a controlar o apetite.

2. É bom para os rins

O chá de salsa estimula a função renal, por isso, pode ajudar a evitar a formação de pedras nos rins. Segundo estudo, o alto teor de clorofila e magnésio ajudam na inibição da formação de pedras e na eliminaçao de cristais que já se formaram. Mas quem já tem pedras, a bebida não é indicada porque pode fazer com que elas se movimentem e provocar crise de dor.

3. Ajuda na imunidade

Por ser rico em vitamina C e ter propriedades antibacterianas, ajuda a proteger e fortalecer o sistema imunológico. Além disso, o seu óleo atua diretamente na função dos esplenócitos e macrófagos —células responsáveis pela defesa do organismo, como aponta estudo.

4. Reduz inchaço

Por ser uma bebida diurética, ajuda na eliminação de líquidos e na diminuição do inchaço, principalmente em mulheres no período menstrual.

5. Colabora na redução do mau hálito

O chá atenua alguns sintomas de gastrite e problemas estomacais, que algumas vezes estão relacionados ao mau hálito. "Por ter propriedades antibacterianas e um alto teor de clorofila, ajuda a refrescar o hálito, porém, não trata as causas da halitose", explica a médica nutrólga Marcella Garcez, diretora da Abran (Associação Brasileira de Nutrologia).

6. Ajuda no combate envelhecimento precoce

A salsa tem ação antioxidante, é rica em vitamina C, ferro e manganês. Isso tudo auxilia no processo de combater radicais livres, que podem levar ao processo de envelhecimento antes da hora.

Benefícios em estudo

- Bom para diabetes: alguns estudos dizem que a salsa pode ter uma ação hipoglicemiante - que ajuda na diminuição de diabetes. De acordo com Garcez, é a miricetina responsável por reduzir os níveis de açúcar no sangue e no controla da insulina. Apesar de ainda não ser nada conclusivo, por ter poucas calorias e carboidratos, pode ajudar no controle da glicemia como um todo se associado a uma alimentação saudável.

- Ajuda na saúde do coração: a especialista ainda aponta que o chá de salsa auxilia a circulação sanguínea e, por ser antioxidante, também pode diminuir o estresse oxidativo ocasionado pelos radicais livres, que são capazes de danificar as células. Mas também não há estudos conclusivos sobre o tema.

- Reduz cólicas: de acordo com Garcez e a nutricionista Ana Paula Pereira, coordenadora de Nutrição da Casa de Saúde São José, a erva pode ajudar na diminuição de sintomas da menstruação, como a dor proveniente das cólicas.

Isso porque ela possui a substância chamada de apiol, que estimula a contração muscular da bexiga, útero e intestino, facilitando os movimentos de liberação do sangue. Além de seu poder anti-inflamatório, vindo dos flavonoides presentes em sua composição. Ela ainda ajuda a regularizar o período menstrual, já que facilita a circulação sanguínea.

Quanto posso tomar?

Deve ser tomado de duas a três xícaras por dia, considerando até quatro colheres de sopa de salsinha em infusão.

Contra-indicações

  • Pedra nos rins;
  • Nefrose;
  • Uso de anticoagulantes;
  • Pressão alta;
  • Gestantes;
  • Durante a amamentação.

Nesses casos, a recomendação é que o chá (não o tempero) seja usado sob supervisão.

No caso das gestantes, a bebida não é indicada porque em maiores quantidades pode ser abortiva. Entretanto, ainda não há estudos que comprovem o mecanismo de ação. O que sabe é que o óleo essencial apiol presente na erva é estimulante das contrações uterinas. Por isso, "a salsa está contraindicada na gravidez. É segura em quantidades normais de alimento, mas, em grandes quantidades, pode ter efeito indutor de parto", explica Garcez.

Chá de salsa com limão

Além das propriedades de eliminação de líquidos já mencionadas, quando inserimos o limão, aumentamos a capacidade antioxidante do chá de salsa. Então, com os dois elementos, a bebida fica mais rica em vitamina C, aumenta a absorção do ferro da salsinha e até potencializa a capacidade de eliminação de líquidos. Para fazer, é só adicionar o suco de meio limão a cada duas xícaras de chá de salsa e consumir imediatamente

Como fazer chá de salsa?

Ingredientes

  • 1 colher (sopa) de salsa
  • 1 copo de água

Modo de preparo

  1. O chá de salsa é feito com a água em infusão com a salsinha já picada.
  2. Quando a água estiver um ponto antes de ferver, com bolinhas no fundo da panela, é só desligar o fogo, colocar a salsinha, tampar e esperar de cinco a 15 minutos.
  3. Depois é só coar.

Fontes: Ana Paula Pereira, nutricionista e coordenadora de Nutrição da Casa de Saúde São José; Erica Fernanda, nutricionista do Hospital 9 de Julho; Juliana da Mata, nutricionista e pesquisadora da UERJ (Universidade do Estado do Rio de Janeiro); Marcella Garcez Duarte, médica nutróloga, diretora da Abran (Associação Brasileira de Nutrologia)

Benefícios dos alimentos