PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Coronavírus: devo trocar lentes de contato por óculos para me prevenir?

Com ou sem pandemia, é sempre importante lavar bem as mãos antes de colocar e tirar as lentes de contato - iStock
Com ou sem pandemia, é sempre importante lavar bem as mãos antes de colocar e tirar as lentes de contato Imagem: iStock

Cesar Candido dos Santos

Do VivaBem, em São Paulo

04/04/2020 18h13

Resumo da notícia

  • Apesar de não haver comprovação científica, em teoria é possível contrair o coronavírus pelos olhos
  • Por isso, a Academia Americana de Oftalmologia orientou que quem usa lentes de contato deve optar pelos óculos durante a pandemia
  • Especialista explicam que a única vantagem dos óculos é a barreira física que ele cria e você pode usar lentes se tomar os cuidados básicos
  • Não esfregar os olhos, lavar bem as mãos antes de colocar e tirar as lentes e armazená-las corretamente são instruções que sempre devem ser seguidas

Apesar de não haver comprovação científica, em teoria pode ser possível contrair o novo coronavírus pelos olhos. Por isso, a Academia Americana de Oftalmologia emitiu um comunicado orientando os usuários de lentes de contatos a substituí-las por óculos durante a pandemia, principalmente se a pessoa tem o costume de levar muito às mãos aos olhos quando está de lentes.

Porém, se você não é profissional da saúde ou não trabalha atendendo o público (em farmácias e mercado, por exemplo), saiba que essa troca não é necessária. Basta tomar os cuidados básicos que qualquer usuário de lentes de contato deve ter e respeitar as regras de isolamento recomendadas neste momento.

Lísia Aoki, oftalmologista do Hospital das Clínicas de São Paulo, explica que as lentes de contato não são um fator de risco maior em comparação aos óculos se o usuário seguir recomendações básicas que valem sempre: lavar as mãos antes de colocar e tirar as lentes; não esfregar os olhos; estocar as lentes de maneira correta; e descartar o produto no tempo certo.

"A principal vantagem dos óculos é que ele serve de barreira física, protegendo os olhos de gotículas de saliva contaminas. Mas se a pessoa está em casa, evitando o contato social, e usa as lentes de contato adequadamente, não precisa se preocupar em trocá-las pelos óculos", acredita Aoki.

A médica Keila Monteiro de Carvalho, professora titular de oftalmologia da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), concorda que não é necessário parar de usar lentes de contato se a pessoa toma cuidados e não apresenta sintomas como olhos vermelhos, coceira e irritação. Ela ainda alerta que todos devem redobrar a higiene habitual, evitando sempre esfregar os olhos.

"Claro que se a pessoa usa lentes de contato e percebe que está com olhos vermelhos, precisa parar imediatamente o uso até que essa condição desapareça. Se estiver sentindo muita coceira, lave as mãos e administre um colírio tipo lubrificante ou outro prescrito pelo seu oftalmologista (no caso de pessoas alérgicas, por exemplo). E após usar o colírio lave as mãos novamente", indica Carvalho.

É importante se lembrar que não é recomendado usar as lentes por mais de 10 horas por dia e é preciso utilizar colírios lubrificantes, sempre indicados pelo oftalmologista, para amenizar incômodos como secura e irritação dos olhos. Além disso, saiba que o líquido utilizado para a higiene e armazenamento das lentes é capaz de matar o vírus. Daí a importância de armazená-las corretamente.

Conjuntivite e olhos vermelhos são sinais de coronavírus?

Segundo a Academia Americana de Oftalmologia, o coronavírus pode causar conjuntivite, mas é raro e o problema ocorre com 1% a 3% das pessoas infectadas.

"Se você vê alguém com olhos vermelhos, não entre em pânico. Isso não significa que a pessoa tem coronavírus", diz Carvalho. Mesmo assim, é importante seguir a regra básica de não ter contato físico nem compartilhar objetos com essa ou qualquer outra pessoa.

Quem apresenta olhos vermelhos ou outros sinais de conjuntivite deve seguir estas recomendações para evitar infectar outras pessoas:

  • Trocar fronhas e lençóis diariamente
  • Usar toalha limpa e não compartilhá-la
  • Lavar as mãos frequentemente, especialmente depois de tocar os olhos
  • Não usar as lentes de contato até que os olhos estejam curados

Saúde