PUBLICIDADE

Topo

Coronavírus: é seguro comer em restaurantes por quilo? Que cuidados tomar?

Evite o conversar enquanto se serve e sempre lave as mãos ao chegar no local - Crédito: Priscila Carvalho
Evite o conversar enquanto se serve e sempre lave as mãos ao chegar no local Imagem: Crédito: Priscila Carvalho

Priscila Carvalho

Do VivaBem, em São Paulo

18/03/2020 09h20

"Prevenção coronavírus. Por gentileza, não conversar em frente ao buffet de comida". É assim que um restaurante no bairro de Perdizes, na zona oeste de São Paulo, está alertando seus clientes sobre o coronavírus. E não é só esse estabelecimento.

Quem circula pela cidade e ainda consegue ir a restaurantes, já notou que alguns lugares estão focando na higienização ainda mais, disponibilizando álcool em gel e recomendando que não conversem enquanto o cliente pega comida. Além de reforçar a importância de lavar as mãos, sempre ao chegar da rua. O que já deveria acontecer sempre, e não só em tempos de pandemia.

O governador de São Paulo João Doria decretou quarentena em todo o estado do dia 24 de março até dia 7 de abril, isso significa que apenas sete tipos de serviços essenciais continuarão a funcionar nesse período: saúde pública e privada, abastecimento, transportes públicos, alimentação, segurança, limpeza e bancos e lotéricas. O governador esclareceu que as indústrias também continuarão a funcionar, com cuidados especiais para os funcionários, para evitar desabastecimento. Todos os demais tipos de comércio e de serviços ficarão fechados nesse período.

Na área de alimentação, só estarão abertos supermercados, hipermercados, padarias e açougues. Bares, restaurantes e cafés ficarão fechados, funcionando apenas para entrega (delivery). As padarias funcionarão apenas para venda e não poderão servir alimentos preparados em mesas.

De fato, evitar conversar perto dos buffets de restaurantes por quilo ajuda a prevenir a infecção pelo coronavírus. Segundo Lessandra Michelin, diretora da SBI (Sociedade Brasileira de Infectologia) e professora da Universidade Caxias do Sul, a maior parte do vírus, cerca de 97%, se concentra na saliva. "A saliva contém alta carga viral. Por isso esse tipo de cuidado deve ser tomado", afirma.

Higienização do local importa

Se você ainda não está trabalhando de casa e não é adepto de pedir comida, ir a um restaurante requer alguns cuidados. É muito importante ver se o local está bem higienizado, se os funcionários limpam sempre a mesa com álcool e outros produtos de limpeza adequados para desinfetar o ambiente.

Além disso, é fundamental que o estabelecimento disponibilize álcool em gel para o cliente passar assim que chegar para comer. É interessante notar também se as mesas não estão muito próximas.

Devo evitar saladas ou outros alimentos?

Não há necessidade de paranoia. O recomendado, segundo Michelin, é sempre higienizar as mãos antes de comer. "A verdura ou folha já foi lavada, então, não precisa haver esse tipo de precaução. A pessoa deve olhar para o ambiente como um todo. Se o restaurante é limpo e se tem boas condições de higiene não precisa se preocupar", diz.

Devo evitar ir a restaurantes?

Enquanto estivermos vivendo uma pandemia e o número de casos só aumentando, o ideal é sempre evitar aglomerações. O recomendado é que a pessoa vá ao local em horários que não sejam de pico, ou seja, logo que o restaurante abrir ou perto de fechar.

Caso não seja possível, procure locais que estejam ao ar livre, bem ventilados e com as janelas abertas.

Devo lavar as mãos antes de pegar a comida?

Sim. Ao vir da rua, a pessoa deve lavar as mãos com água e sabão e esfregar por 20 segundos. Caso não consiga ou o restaurante não tenha banheiro disponível, use sempre álcool em gel nas mãos antes de qualquer refeição.