PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Com pneumonia, Elton John interrompe show; doença causa falta de ar e tosse

Com pneumonia, Elton John abandonou palco após duas horas de show - Reprodução do Instagram/ @bengibsonphoto
Com pneumonia, Elton John abandonou palco após duas horas de show Imagem: Reprodução do Instagram/ @bengibsonphoto

Do VivaBem, em São Paulo

16/02/2020 11h25

Resumo da notícia

  • Após duas horas de show, o cantor Elton John não conseguiu continuar sua apresentação em Auckland (Nova Zelândia) por causa de uma pneumonia
  • A doença é uma inflamação aguda no pulmão, geralmente provocada por bactérias ou vírus --como o da gripe
  • O problema causa tosse, falta de ar, febre, dor no peito, fadiga e mal-estar geral
  • Se não tratada corretamente, a pneumonia pode levar a morte --especialmente quanto atinge idosos e crianças
  • O tratamento depende da causa da doença: antibiótico ser for bactéria e antiviral se for vírus

O cantor Elton John revelou em seu Instagram que está com pneumonia e, por isso, precisou deixar o palco e interromper um show neste domingo (16), em Auckland, na Nova Zelândia, após cerca de duas horas de apresentação.

Ao tentar cantar 'Daniel', um de seus clássicos, o artista britânico de 72 anos disse que sua voz havia sumido completamente, desculpou-se, levantou do piano e saiu do palco chorando, amparado por sua equipe. "Quero agradecer a todos que compareceram ao show. Fui diagnosticado com pneumonia hoje cedo, mas estava determinado a oferecer o melhor show humanamente possível. Toquei e cantei com meu coração até minha voz não me permitir cantar mais", escreveu Elton John em seu Instagram.

Entenda o que é pneumonia

- CAUSAS

Pneumonia é toda inflamação aguda nos pulmões. Em grande parte das vezes, o problema é causado por vírus (principalmente o da gripe) e bactérias conhecidas como pneumococos. Fungos, outros micro-organismos e substâncias também são capazes de gerar a doença, que pode levar à morte se não for tratada a tempo —principalmente idosos em crianças pequenas.

PRINCIPAIS SINTOMAS

A pneumonia geralmente provoca tosse (seca ou produtiva), falta de ar, febre, dor no peito que surge ou piora com a tosse ou ao respirar e mal-estar geral. O paciente também pode apresentar respiração rápida (taquipneia, mais comum em crianças pequenas), dor de cabeça, suor, calafrio, perda de apetite, fadiga e confusão mental (mais comum em idosos).

COMO TRATAR

O paciente deve repousar e receber cuidados de suporte, como hidratação adequada, uso de antipiréticos e analgésicos. A escolha da terapia para inibir a proliferação depende do tipo de micro-organismo com maior probabilidade de estar por trás da infecção, o que nem sempre é possível determinar na hora.

Na suspeita de bactérias, costuma-se indicar antibióticos. Para pneumonias virais, o uso do osetalmivir (Tamiflu) pode ser considerado em caso de confirmação de que a doença foi provocada pelo influenza (vírus da gripe). Para doenças causadas por fungos, antifúngicos como o itraconazol são indicados, e assim por diante. A maioria dos medicamentos é bem tolerada e têm poucos efeitos colaterais, mas alguns pacientes podem apresentar alergia e demandar substituições.

Fontes: Alexandre Naime, infectologista e consultor da SBI (Sociedade Brasileira de Infectologia; Nelson Ejzenbaum, pediatra e neonatalogista, membro da SBP (Sociedade Brasileira de Pediatria); American Lung Association; Ministério da Saúde; SBPT (Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia); Sociedade Brasileira de Pediatria; CDC (Centros de Controle e Prevenção de Doenças, nos EUA), consultados em reportagem publicada em março de 2019, de Tatiana Pronin.

Saúde