PUBLICIDADE

Topo

Alimentação

Ideias e informações para você comer melhor


Alimentação

Usuários de redes sociais copiam hábitos alimentares de amigos, diz estudo

iStock
Imagem: iStock

Do VivaBem, em São Paulo

10/02/2020 11h56

Quem usa redes sociais como Instagram, Facebook e Snapchat têm maior probabilidade de apostar em lanches saudáveis — ou ingerir guloseimas — se acharem que os amigos que seguem nos aplicativos fazem o mesmo, de acordo com um novo estudo publicado no periódico científico Appetite.

Os cientistas responsáveis pela análise feita na Universidade de Aston disseram que as descobertas fornecem evidências para confirmar o que muitos de nós já suspeitávamos: o que vemos online pode, sim, influenciar implicitamente nossos hábitos alimentares.

Como o estudo foi feito

  • Os pesquisadores pediram a 369 estudantes universitários que estimassem a quantidade de frutas, vegetais, lanches calóricos e bebidas açucaradas que seus amigos do Facebook consumiam diariamente.
  • Essas informações foram cruzadas com os hábitos alimentares reais dos próprios participantes e mostraram que aqueles que possuíam um círculo social no qual era comum comer fast food, também consumiam mais desses lanches.
  • Enquanto isso, aqueles que pensavam que seus amigos tinham uma dieta saudável apostaram mais em porções de frutas e vegetais.
  • Não houve ligação significativa entre os hábitos alimentares dos estudantes e o IMC (Índice de Massa Corporal).

A próxima etapa do trabalho, de acordo com os pesquisadores, pretende acompanhar um grupo de participantes para verificar se a influência das mídias sociais nos hábitos alimentares teve um impacto a longo prazo no peso.

"Com crianças e jovens gastando várias horas interagindo com colegas e influenciadores por meio de mídias sociais, as novas descobertas deste estudo podem ajudar a moldar a forma como fornecemos intervenções que os ajudam a adotar hábitos alimentares saudáveis desde que somos jovens — e permanecer com eles para a vida ", indica Claire Farrow, diretora do Grupo de Pesquisa em Saúde Aplicada da Universidade de Aston, ao site EurekAlert.

Alimentação