PUBLICIDADE

Topo

Alimentação

Ideias e informações para você comer melhor


Alimentação

Bella Falconi celebra sete meses sem açúcar; veja os benefícios da decisão

Bella Falconi comemora sete meses sem açúcar - Reprodução/Instagram
Bella Falconi comemora sete meses sem açúcar Imagem: Reprodução/Instagram

Gabriela Ingrid

Do VivaBem, em São Paulo

02/01/2020 16h56

A nutricionista e blogueira do VivaBem Bella Falconi usou as redes sociais para comemorar sete meses sem consumir açúcar, nesta quinta-feira (2). Em um post no Instagram, ela conta que é a segunda vez que decide cortar o doce da dieta: "Quando competia, fiquei quatro anos sem e pensei que nunca mais conseguiria. As meninas nasceram e essa meta foi ficando cada vez mais distante. Até o dia que fiz um propósito para o exercício de domínio próprio e consegui."

Bella conta que não faz mais dieta, mas escolheu ser radical com o açúcar. "Ele me dominava em todos os aspectos. Hoje estou livre desse vício e posso dizer que sou muito mais feliz", escreveu.

Em conversa exclusiva ao VivaBem, ela contou que cortou apenas o açúcar adicionado nos doces e em alimentos industrializados. Outras fontes como carboidratos e frutas Bella consome normalmente.

Os benefícios, segundo ela, foram muito além da balança. "Acho que a maior vantagem é se livrar dos malefícios que o açúcar causa: aumento de risco de diabetes, obesidade, doenças inflamatórias, síndrome metabólica", diz. "O açúcar fornece apenas calorias vazias para o organismo, considerando que ele não contém vitaminas nem minerais. Percebi que não preciso dele".

A nutricionista ainda lembra que o alimento vicia, uma vez que estimula a produção de um hormônio chamado dopamina, responsável pela sensação de prazer. Ao cortá-lo do cardápio, ela começou a se sentir melhor: "Eu posso dizer com propriedade que até minha memória melhorou depois que parei de consumir açúcar. Assim como meu sono, minha pele, tudo."

Benefícios de uma alimentação com baixo teor de açúcar

Não foi só Bella que decidiu parar com o açúcar. O médico Drauzio Varella contou que está sem comer doce há 40 anos e outra colunista do VivaBem, Paola Machado, também decidiu há anos evitar o alimento. Em um texto, a mestre em ciências da saúde (foco em fisiologia do exercício e imunologia) e doutoranda em nutrição pela Unifesp ainda listou 10 benefícios em diminui o açúcar:

  • Benefícios ao coração Reduzir a ingestão de açúcares pode ajudar a baixar a pressão alta, reduzir o colesterol LDL ("ruim") e elevar o colesterol HDL ("bom"), o que ajuda a reduzir o risco de ataques cardíacos e derrames. Um estudo de 2014 descobriu que aqueles que consumiam 17% a 21% de suas calorias de açúcar adicionado tinham um risco 38% maior de morte por doença cardíaca em comparação com aqueles que consumiam 8% de suas calorias do doce.
  • Pode reduzir o risco de diabetes tipo 2 Embora o açúcar não cause, necessariamente, diabetes, pesquisas sugerem que o excesso dele, particularmente de bebidas açucaradas, aumenta significativamente o risco de diabetes tipo 2.
  • Pode reduzir o risco de câncer Não está descrito na literatura que o consumo de açúcar faz a célula cancerígena se proliferar, porém pesquisas mostram que reduzir ou mesmo cortar o doce da sua alimentação pode ajudar a reduzir o risco de câncer colorretal e câncer de próstata.
  • Pode manter seu sistema imunológico forte Pesquisas sugerem que pode haver uma correlação entre açúcar e nossa contagem de glóbulos brancos. Um estudo descobriu que comer apenas 100 gramas de açúcar reduziu a capacidade de nossas células brancas do sangue de matar as bactérias em até 50%.
  • Pode melhorar a saúde mental A sobremesa pode parecer um estímulo rápido, mas pesquisas sugerem que o excesso de açúcar de doces e bebidas aumenta o risco de transtornos mentais e depressão.
  • Pode prevenir o envelhecimento precoce O açúcar danifica o colágeno e a elastina na pele, que são essenciais para a prevenção de rugas e linhas finas. Parece também desencadear uma resposta inflamatória que causa acne e psoríase em alguns indivíduos.
  • Pode melhorar a função cognitiva Pesquisas sugerem que uma dieta rica em açúcar pode ter um papel em danificar as áreas específicas do cérebro envolvidas na formação da memória por meio da inflamação, aumentando o risco de demência, Alzheimer e outras doenças neurológicas.
  • Melhorará sua saúde bucal O açúcar é o combustível preferido para as bactérias que amam causar cáries, placa bacteriana e mau hálito em sua boca, de modo que o corte pode reduzir bastante as suas contas dentárias.
  • O seu desejo e compulsão pelo açúcar pode desaparecer Embora o conceito de "dependência do açúcar" seja controverso, faz sentido que quando cortamos o doce, nosso paladar apenas se ajusta. Na verdade, as pesquisas sugerem que uma dieta pobre em açúcar torna o sabor dos alimentos mais doces, de modo que você fique cada vez mais longe do consumo de doces.
  • Pode reduzir o risco de asma Pesquisas sugerem que uma dieta inflamatória rica em açúcares adicionados pode aumentar o risco de asma, por isso a redução pode ajudar você a respirar melhor.

VivaBem no Verão - 2ª edição

O VivaBem está no litoral paulista com o VivaBem no Verão. São dois espaços na Riviera de São Lourenço com diversas opções de atividades físicas, lazer, cultura e comidas para você curtir o calor com a família ou os amigos. Saiba mais sobre o evento aqui e venha nos visitar!

Data: de 26 de dezembro de 2019 até o dia 09 de fevereiro de 2020, de quinta a domingo
Horário de funcionamento: das 9h até as 13h (praia) e das 17h até a 1h (arena)
Endereço arena: Av. Riviera, s/n, próximo ao shopping - Bertioga (SP)
Local do espaço na praia: canto direito da praia de Riviera de São Lourenço
Entrada: Gratuita

Alimentação