Topo

Alimentação

Ideias e informações para você comer melhor


Alimentação

Casca de banana não emagrece, mas ajuda seu intestino a funcionar melhor

A ingestão de casca de banana tem benefícios, mas não emagrece - iStock
A ingestão de casca de banana tem benefícios, mas não emagrece Imagem: iStock

Danielle Sanches

Do VivaBem, em São Paulo

02/12/2019 16h25

Embora ainda pouco praticado, o consumo de cascas de frutas e legumes é uma forma de aproveitar melhor os alimentos e ainda aumentar o aporte de nutrientes, que geralmente se concentram justamente nessa parte do alimento.

No caso da banana, isso também é verdade. Mas nos últimos dias a casca da fruta ganhou destaque na mídia internacional por ser uma boa alternativa para quem deseja perder peso. Diversos sites, como os ingleses The Sun e Daily Mail e o norte-americano Fox News, fizeram reportagens citando esse benefício e dando como fonte um post (em inglês) publicado no blog da nutricionista australiana Susie Burrell, conhecida localmente por assessorar revistas femininas e programas de televisão. Mas será mesmo que a casca da banana ajuda a reduzir a barriga?

Comer casca de banana não faz emagrecer

Ao ler o post da nutricionista, já fica claro que a história não é bem essa. Burrell descreve os inúmeros benefícios da ingestão da casca de banana, uma parte da fruta que comumente é desprezada, mas que guarda boas quantidades de nutrientes como potássio, magnésio e vitamina B6.

Uma das vantagens é que, ao consumir a casca, é possível aumentar a ingestão desses nutrientes sem a adição de calorias.

Além disso, a especialista australiana lembra que aproveitar a casca da banana em receitas como smoothies, pães e bolos é também uma forma de aumentar a ingestão de fibras. Mas não diz nada sobre emagrecimento.

A nutricionista Amanda Brugger, coordenadora do Departamento de Nutrição do Hospital Santa Lúcia, em Brasília, explica que a ingestão de fibras aumenta a saciedade e, por isso, poderia ser ligada a uma ajuda para emagrecer. Mas isso não significa que ela emagrece, já que a alta ingestão de fibras precisa ser uma característica da alimentação como um todo.

O aumento na ingestão de fibras também tem outro benefício: a regulação do intestino. "A farinha de banana verde ainda tem um componente prebiotico que ajuda a proteger as bactérias do bem presentes no intestino", explica Marcella Garcez Duarte, médica nutróloga e diretora da Abran (Associação Brasileira de Nutrologia).

A casca da banana também tem maior quantidade de triptofano, um aminoácido precursor da serotonina, o neurotransmissor responsável pela nossa sensação de bem-estar — algo que também pode ajudar principalmente para quem desconta as emoções na comida, por exemplo. "A baixa dessa substância é um dos fatores que estimula a compulsão alimentar", afirma Duarte.

Ou seja, realmente não dá para cravar que a casca de banana sozinha ajuda a emagrecer, como nenhum outro alimento. Mas ela pode sim fazer parte de uma dieta de emagrecimento, que precisa ainda de outras adaptações na alimentação para funcionar e deve ser indicada por um profissional de saúde.

Como consumir?

A casca de banana —verde ou madura — já é conhecida na forma de farinha e utilizada em bolos, pães e até como acompanhamento de iogurte. É uma forma palatável de ingerir o alimento, já que comer a fruta com casca é algo impensável para muita gente. Ela também pode ser picada e batida junto com outras frutas no liquidificador, fazendo um smoothie nutritivo. Outras receitas com a casca incluem farofa (também feita com a casca picada) e doces (como nessa receita da chef Taise Spolti, blogueira de VivaBem).

Para consumir de forma segura, Brugger orienta a retirar as partes escuras da casca e descartá-las antes do preparo. Se a casca estiver muito escura ou com marcas de mofo, ela não pode ser reaproveitada. Na versão crua, a casca das bananas maduras é mais indicada por ser menos dura; a da versão verde costuma ser mais dura e deve ser cozida antes de utilizada em receitas.

Outro ponto importante é higienizar a casca com maior rigor, com o alimento inteiro e não nas partes separadas. O uso de hipoclorito de sódio já limpa por completo, basta respeitar as instruções de rotulagem e tempo necessário para higienização.

A casca tem mais agrotóxicos?

Se há algum perigo de consumir a casca por conta da exposição aos agrotóxicos? A nutricionista afirma que os riscos são os mesmos de quem consome a polpa. "Não é possível tirar os produtos químicos usados na produção do alimento com o processo de higienização, mas não podemos ser ingênuos e pensar que a química fica só na casca", aponta Cristiane Souza de Oliveira, nutricionista da Gastronomia do HCor (Hospital do Coração)*.

*Fonte entrevistada em reportagem de Gabriela Ingrid em 26/11/2018.

Podcasts do UOL
Ouça o podcast Maratona, em que especialistas e corredores falam sobre corrida. Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas de áudio.

Alimentação