PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Por que temos orgasmos dormindo? Há relação com sonhos ou falta de sexo?

Sonhos eróticos podem desencadear a experiência - iStock
Sonhos eróticos podem desencadear a experiência Imagem: iStock

Giulia Granchi

Do VivaBem, em São Paulo

27/11/2019 04h00

Resumo da notícia

  • Orgasmos durante o sono geralmente são desencadeados por sonhos eróticos, mas são tão verdadeiros quanto um orgasmo com estímulos físicos
  • Apesar de ter causas um pouco diferentes, o "orgasmo noturno" em homens e mulheres é semelhante na questão muscular, cerebral e hormonal
  • Ficar muito tempo sem transar ou pensar bastante em sexo ao longo do dia pode gerar um orgasmo durante o sono, mas isso não é garantido

Se você é mulher e já teve um orgasmo noturno, provavelmente ficou em dúvida se a experiência foi real ou apenas fruto da sua imaginação. A verdade é que os dois fatores estão conectados. "O fenômeno é geralmente desencadeado por sonhos eróticos, mas é tão verdadeiro quanto um orgasmo com estímulos físicos", explica a ginecologista Maria Luisa Mendes Nazar, do Hospital Edmundo Vasconcelos.

Já para os homens, a prova de que o orgasmo ocorreu é mais certeira: enquanto nem todas as mulheres acordam com maior lubrificação (já que não necessariamente despertam logo após a experiência), eles têm o sêmen como comprovação. O mecanismo, chamado de polução noturna, tem maior influência fisiológica e é mais comum na faixa da adolescência.

"É uma fase na qual os garotos têm muito desejo sexual e existe uma necessidade 'mecânica' do organismo de ejacular por causa da alta produção de espermatozoides", aponta Nazar. Mas não quer dizer que sonhos picantes não influenciem —também é comum que sejam a experiência que desencadeie o gozo masculino.

Apesar de causas um pouco diferentes, a sensação do orgasmo em homens e mulheres — quando acordados ou dormindo — é algo semelhante em nível muscular, cerebral e hormonal.

Orgasmo noturno significa falta de sexo?

Sim, ficar muito tempo sem relações sexuais pode influenciar no fenômeno. De acordo com a ginecologista Carolina Carvalho, especialista em sexualidade humana pela USP (Universidade de São Paulo) e coordenadora do Projeto Afrodite do Departamento de Ginecologia da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), os sonhos são manifestações do inconsciente e desejos ocultos e fantasias tendem a aparecer. "Se a pessoa é muito conservadora ou se priva-se de sexo por qualquer razão, os sonhos podem ser um momento de liberação", indica.

Mas o contrário também acontece. Quem é muito sexualmente ativo e está constantemente em contato com o tema, tende a sonhar mais porque o assunto faz parte do cotidiano daquela pessoa.

Há algo a ser feito para desencadear o orgasmo noturno?

Não diretamente. "Se a pessoa dedica tempo à literatura erótica ou passa a consumir algum tipo de pornografia, por exemplo, é provável que sonhe mais com sexo. Mas em geral os sonhos não são algo que conseguimos controlar", aponta Carvalho.

Podcasts do UOL

Ouça o podcast Maratona, em que especialistas e corredores falam sobre corrida. Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas de áudio.

#SemFrescura: Por que os homens têm ereção pela manhã?

VivaBem

Saúde