Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Justin Bieber descobre doença celíaca; entenda problema causado pelo glúten

Reprodução/Instagram @justinbieber
Imagem: Reprodução/Instagram @justinbieber

Giulia Granchi

Do VivaBem, em São Paulo

05/11/2019 16h56Atualizada em 05/11/2019 18h53

Por meio de uma foto no Instagram stories, o cantor Justin Bieber contou aos fãs que foi diagnosticado com a doença celíaca, condição na qual o glúten (proteína presente no trigo, na cevada, no centeio) gera um processo inflamatório no organismo. No post, Bieber compartilhou a imagem de uma cerveja e disse ter precisado trocar a marca por conta do quadro e definiu como um "dia triste" o momento em que recebeu a confirmação do problema.

Apesar de já ser comum encontramos opções sem glúten nas prateleiras dos mercados, para muitos pacientes, é realmente difícil acostumar com uma vida sem produtos que contêm elementos como trigo, cevada e centeio. A doença, que age no intestino delgado, é autoimune, crônica e faz com que o órgão reaja às proteínas existentes no glúten —sobretudo à gliadina e endomísio — que causam um processo inflamatório no intestino, criando anticorpos que circulam pelo sangue.

Causas

Os médicos não entendem completamente a causa da doença celíaca, mas apontam a genética como um dos possíveis fatores para o desencadeamento do quadro. Pacientes com genes específicos desenvolvem a doença após exposição ao glúten. Há evidências de que a exposição precoce durante a infância causa uma doença mais grave do que uma exposição posterior.

Sintomas

Em crianças, são comuns:

  • Dor abdominal
  • Náuseas
  • Falta de apetite
  • Vômito (em estágios avançados da doença)
  • Diarreia
  • Grande quantidade de fezes com mau cheiro
  • Irritabilidade
  • Retardo de crescimento (em bebês)
  • Estatura baixa
  • Puberdade tardia
  • Anemia
  • Aftas

Em adultos, são comuns:

  • Distensão abdominal
  • Flatulência
  • Diarreia
  • Perda de peso
  • Fadiga
  • Dor abdominal
  • Dor óssea
  • Mudanças no comportamento
  • Cãibras musculares e dores articulares
  • Tontura
  • Períodos menstruais ausentes
  • Anemia
Por conta dos anticorpos no sangue, manifestações como fraqueza, perda de cabelo, problemas de pele e dificuldade para ganhar peso na infância também são comuns.

Tratamento

O tratamento mais indicado é retirar totalmente o glúten da dieta; assim, os anticorpos deixam de existir na circulação após cerca de três meses e os sintomas desaparecem. Como a doença celíaca não tem cura, a dieta deve ser seguida rigorosamente durante toda a vida.

Diagnóstico

O primeiro passo é ouvir o paciente e entender se suas queixam são os sintomas da doença. Depois, os médicos pedem uma comprovação laboratorial por meio de exames como o de sangue (para detectar os anticorpos), biópsia do tecido (para detectar a inflamação) e de fezes (para avaliar se há má absorção de nutrientes).

O diagnóstico final é geralmente obtido por meio da endoscopia com biópsia do duodeno, pelo características bem específicas da doença podem ser notadas.

Fontes: Celso Cukier, nutrólogo da rede de hospitais São Camilo; Sabará Hospital Infantil

Podcasts do UOL
Ouça o podcast Maratona, em que especialistas e corredores falam sobre corrida. Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas de áudio.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do informado, a doença celíaca não é uma alergia alimentar.

Saúde