Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Mulher fica em coma após contrair bactéria com arranhão de gato

Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Do UOL, em São Paulo

04/11/2019 14h25

Uma mulher britânica precisou ficar em coma para se recuperar de uma bactéria comedora de carne depois que seu gato a arranhou. Além da bactéria, ela teve falência dos órgãos, pneumonia e precisou passar por diversas cirurgias.

Shirley Hair, de 65 anos, contou ao jornal britânico "Daily Mail" que quase morreu depois que seu gatinho siamês, Chan, arranhou sua mão. Em um primeiro momento ela ignorou os sintomas, pensando se tratar de uma gripe. No entanto, a ferida foi ficando pior e ela precisou passar semanas internada.

Seus primeiros sintomas foram tontura, falta de apetite, confusão e dor muscular. Porém, logo o local onde seu gato a havia arranhado há alguns dias começou a ficar inflamado e a vermelhidão espalhou pelo braço.

Ela foi diagnosticada com sepse, falência dos órgãos, pneumonia e fasciíte necrosante - uma infecção bacteriana que destrói o tecido mole da pele. Os médicos fizeram algumas cirurgias de emergência para retirada do tecido infectado, no entanto, a mulher continuava piorando e chegou a sofrer dois ataques cardíacos durante as cirurgias.

Shirley então foi colocada em coma induzido, para permitir que seu corpo se recuperasse. Foram cinco dias em coma e seis semanas de internação.

Agora ela já está recuperada e de volta a sua casa, em Bristol, na Inglaterra. Ela contou que o gatinho se tornou arisco ao longo dos anos e sofreu o arranhão quando o procurou para lhe dar um abraço.

Depois do trauma, sua filha Zoe se ofereceu para levar o gato para a sua casa no País de Gales.

Saúde