Topo

Movimento

Inspiração pra fazer da atividade física um hábito


Movimento

Homens conseguem reduzir as mamas com exercício? Sim, veja melhores opções

iStock
Imagem: iStock

Gabriela Ingrid

Do VivaBem, em São Paulo

29/10/2019 04h00

Resumo da notícia

  • A gordura das mamas masculinas é uma das mais difíceis de ser queimada, assim como a da região femoral nas mulheres
  • O ideal é focar em atividades aeróbicas prolongadas e de intensidade moderada, ou seja, exercícios que você consegue manter por 45 minutos a 1 hora
  • O indicado é aliar essas atividades à musculação, para que a massa magra também não seja perdida no processo
  • Para reduzir a gordura corporal (de qualquer parte do corpo) também é importante uma boa alimentação

Para alguns homens, o aumento das mamas pode se tornar um incômodo tanto físico quanto emocional. Mas, dependendo da causa desse crescimento, é possível fazer com que a mama volte ao seu tamanho "normal" apenas com a prática de exercícios físicos e uma boa alimentação.

Quando o aumento é anormal, a principal causa são alterações hormonais, provocadas pelo próprio corpo, no caso de meninos na puberdade, ou por fatores externos, como anabolizantes, anti-hipertensivos, antidepressivos, abuso de álcool. Nesses casos, o acompanhamento médico é fundamental para excluir causas mais graves, como tumores, e iniciar o tratamento, que pode incluir medicamentos ou cirurgia.

Entretanto, quando o crescimento da mama tem como causa apenas o ganho de peso, a história é outra e pode ser controlada com dieta e exercícios prolongados de intensidade moderada. "Seriam atividades aeróbicas que o indivíduo consegue manter por 45 minutos ou um hora, como corrida, ciclismo e natação", diz Antonio Herbert Lancha Jr., coordenador do Laboratório de Nutrição e Metabolismo da EEFE USP (Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo).

O que seria uma intensidade moderada varia de pessoa para pessoa. "Enquanto para mim pode ser uma corrida a 10 km, para outro pode ser uma caminhada ou trote. Por isso, o ideal é procurar um professor especializado para fazer um teste de esforço", orienta Lancha.

Por que o exercício moderado e prolongado

Provavelmente, você já ouviu que exercícios intensos, como o HIIT, são tão bons ou até melhores para queimar gordura do que atividades moderadas. Então, por que no caso da gordura das mamas a indicação é treinar em ritmo moderado?

Em qualquer região do corpo, a gordura é oxidada (queimada) sistemicamente, ou seja, não podemos escolher qual área vai emagrecer primeiro ao fazer exercícios e dieta. Mas alguns locais têm seus "truques".

"O que faz queimar menos ou mais gordura em cada lugar é a característica morfológica das células do tecido adiposo. A gordura visceral do homem (acumulada na região do abdome), por exemplo, é quebrada mais facilmente mediante a secreção de adrenalina. Logo, é preciso um exercício mais intenso para secretar adrenalina e queimar a gordura da região da barriga", explica Lancha.

Não é tarefa fácil perder a gordura da mama --ela é uma das últimas a serem queimadas no corpo do homem - iStock
Não é tarefa fácil perder a gordura da mama --ela é uma das últimas a serem queimadas no corpo do homem
Imagem: iStock

Já o tecido adiposo da mama tem morfologia diferente e, quando muita adrenalina é secretada, o corpo não consegue mobilizar a gordura desse local. Ela é mais facilmente perdida quando a liberação de adrenalina ocorre aos poucos e de forma constante.

"A mama masculina tem a gordura mais difícil de ser queimada", diz o educador físico. Segundo Lancha, se as gorduras do corpo forem colocadas em uma espécie de hierarquia, a da mama seria uma das últimas a liberar a reserva de gordura para o sistema. "É muito semelhante à gordura femoral da mulher, na região das pernas. Ambas são difíceis de eliminar".

Musculação não ajuda?

A educadora física Patrícia Capucho, gerente de ginástica da Cia Athletica Kansas, concorda fazer atividades cardiovasculares moderadas é a melhor opção para reduzir o excesso de gordura na região das mamas. Porém, realizar apenas exercícios aeróbicos também provoca a perda de músculos.

"O ideal é investir em um trabalho multidisciplinar, com exercícios de musculação e aeróbico, para aliar a perda de gordura com a hipertrofia muscular da região", diz Capucho. Supino, crucifixo, flexão de braços e desenvolvimento são alguns dos movimentos clássicos que aumentam os músculos do peitoral. E não pense que executá-los pode fazer com que as mamas continuem grandes. O visual de um peito musculoso é bem diferente do de um "gorduroso".

Lancha ainda afirma que investir na musculação é importante pois, como os exercícios de força aumentam a área peitoral, a gordura será distribuída de forma mais uniforme, reduzindo as mamas masculinas.

Podcasts do UOL
Ouça o podcast Maratona, em que especialistas e corredores falam sobre corrida. Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas de áudio.

Movimento