Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

André Marques toma chá de alho em programa; é melhor do que na comida?

Reprodução/TV Globo
Imagem: Reprodução/TV Globo

Giulia Granchi

Do VivaBem, em São Paulo

05/10/2019 12h12

O ator André Marques divertiu os espectadores do programa "É de Casa" ao experimentar chá de alho e fazer caretas por causa do gosto forte. "É bom para a saúde, mas péssimo para o paladar. Água de ralo", brincou o artista.

Mas será que vale mesmo enfrentar o sabor para colher os benefícios que a especiaria oferece à saúde? De acordo com Samantha Rhein, nutricionista clínica mestre pela Unifesp, não é necessário.

"Assim como outros alimentos, o alho perde o poder de algumas propriedades quando é aquecido. Por isso, o melhor é que você consuma ele cru, como em pequenos pedaços na salada. Se não curtir o sabor, outra opção é adicionar uma ou duas cabeças de alho maceradas, com outros temperos como o alecrim, em um azeite de boa qualidade", aponta.

Benefícios do alho*

O condimento contém alicina, um composto que combate bactérias e vírus, prevenindo infecções. Além disso, o alho possui minerais importantes para o bom funcionamento do organismo, como selênio e zinco e ajueno, que bloqueia a ação de micro-organismos nocivos.

De acordo com Vanderlí Marchiori, nutricionista e fundadora Associação Paulista de Fitoterapia, o alimento ainda reduz o LDL, conhecido como colesterol ruim, diminui a ameça de trombos na circulação, auxilia a controlar a glicemia e a insulina e como se não bastasse, há diversos achados apontando que age contra o vírus da gripe.

Segundo os nutricionistas, o ideal é consumir dois dentes de alho por dia, picados ou macerados. O excesso, no entanto, pode agredir o estômago, gerando sensação de queimação.

*Com informações das reportagens de Gabriela Guimarães e Rita Trevisan e do Blog da Lúcia Helena, publicados em 24/05/2017 e 21/02/2019.