Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Como identificar se sua dor na perna é causada por um problema na coluna

Hérnia de disco, inflamação do nervo ciático e estenose lombar são problemas de coluna que podem gerar dores nas pernas e nos glúteos - iStock
Hérnia de disco, inflamação do nervo ciático e estenose lombar são problemas de coluna que podem gerar dores nas pernas e nos glúteos Imagem: iStock

Marcia Di Domenico

Colaboração para o VivaBem

18/09/2019 04h00

Resumo da notícia

  • Dor, dormência, fraqueza e sensação de peso na perna podem ser sinal de um problema nas costas
  • Quando relacionado a algo na coluna, o incômodo no membro inferior tem a ver com inflamação, compressão de nervos ou alterações na região lombar
  • Hérnia de disco, inflamação do nervo ciático e estenose lombar são problemas de coluna que refletem nas pernas

É comum sentir dor nas pernas depois de um treino pesado, várias horas trabalhando na mesma posição ou passar o dia caminhando. O que muita gente não sabe é que o desconforto nos membros inferiores —na forma de dor difusa ou localizada, dormência ou sensação de peso ou fraqueza, por exemplo — pode sinalizar que o problema é mais em cima: nas costas.

A coluna é o eixo do corpo e, de cima para baixo, se divide em cervical, torácica e lombar. Cada porção se liga ao cérebro e a outras partes do corpo por uma rede de nervos distribuídos por toda a sua extensão, responsáveis por controlar movimentos, reflexos e o impulso de dor. Essa rede pode ser comparada à fiação elétrica de uma casa, em que uma alteração em algum ponto é capaz de refletir em outro local.

Dores nas pernas, quando relacionadas a problemas na coluna, normalmente têm a ver com inflamação, compressão de nervos ou outra alteração na região lombar, que está interligada aos membros inferiores assim como ao intestino e aos órgãos sexuais —enquanto problemas na cervical costumam refletir nos braços e ombros, para se ter uma ideia.

É comum negligenciar a dor quando ela não ataca nas costas, o que é um erro. Principalmente quando o incômodo persiste ou incapacita para as atividades do dia a dia, é essencial procurar um médico. Sintomas parecidos podem indicar doenças diferentes na coluna, o que exames clínicos e de imagem podem esclarecer. E quanto antes for feito o diagnóstico, mais cedo pode-se iniciar o tratamento —na maioria das vezes com analgésicos e anti-inflamatórios, fisioterapia e exercício físico orientado para o tipo e a gravidade do problema.

Conheça melhor três problemas comuns na coluna que podem ter o desconforto nas pernas como sinal.

Hérnia de disco lombar

Sintomas Fisgada e sensação de queimação na parte baixa das costas, nos glúteos e nas pernas, além de fraqueza e perda de sensibilidade nos membros inferiores. Também pode haver dor ao ficar muito tempo sentado ou em pé, dificuldade para erguer a ponta do pé quando o calcanhar está apoiado no chão e, em casos mais graves, incontinência urinária.

Entenda o problema A hérnia de disco ocorre devido à fissura ou desgaste de um ou mais discos intervertebrais, que funcionam como amortecedores da coluna, protegendo a articulação contra a pressão sofrida e o impacto dos movimentos realizados no dia a dia.

O rompimento leva ao abaulamento do disco, ao vazamento do líquido contido no interior dele e à compressão de nervos locais. Fatores genéticos e o envelhecimento natural do corpo desencadeiam a lesão, mas postura errada, exagero e erros na execução de exercícios físicos, movimentos repetitivos, sedentarismo, excesso de peso e muito tempo na mesma posição (geralmente sentada) também colaboram. Em alguns casos há necessidade de cirurgia para corrigir a lesão.

Inflamação ou compressão do nervo ciático

Sintomas Dor intensa e profunda (alguns pacientes relatam dor que parece ser nos ossos), pontada e formigamento que irradia da lombar até o pé, sensação de choque elétrico e perda de força na perna afetada.

Entenda o problema Esse nervo, o maior do corpo humano, se estende da parte baixa da lombar até o dedão do pé, passando pelo glúteo, parte de trás da coxa e, a partir do joelho, se ramificando pela panturrilha e laterais da perna. A inflamação pode ser resultante de trauma local, sobrecarga nas costas por excesso de peso ou lesão devida ao desgaste natural na coluna (como hérnia de disco, artrose ou estenose vertebral).

A inflamação ou compressão do nervo ciático provoca forte dor frequentemente em uma das pernas, que incapacita para andar e permanecer muito tempo na mesma posição (seja em pé, seja sentado). Muita gente só encontra alívio ao deitar-se de costas em uma superfície dura. Quem corre ou pedala forte ou pega pesado nos exercícios para glúteos na musculação também tem risco de desenvolver o problema, já que o nervo ciático é muito próximo do músculo piriforme, no glúteo, bastante solicitado nessas atividades e sujeito à lesão por uso excessivo.

Estenose lombar

Sintomas Dormência, dor que começa na lombar e irradia para os glúteos e os membros inferiores e melhora ao sentar ou deitar de lado com os joelhos flexionados.

Entenda o problema Trata-se do estreitamento do canal vertebral (ou medular, por onde passa a medula espinhal), na parte mais baixa das costas, decorrente da compressão dos nervos que passam pelo seu interior. Ocorre em razão da degeneração natural da coluna e dos movimentos repetitivos do dia a dia. A estenose lombar se torna uma queixa bem comum a partir dos 50 anos.

Fontes: Rafael Sugino, ortopedista e cirurgião de coluna do Hospital Israelita Albert Einstein; Alexandra Raffaini, médica intervencionista em dor membro do World Institute of Pain; e Alexandre Fogaça Cristante, ortopedista do Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo).

Saúde