Topo

Alimentação

Ideias e informações para você comer melhor


Alimentação

Beber chá tem efeitos positivos no cérebro de quem está envelhecendo

iStock
Imagem: iStock

Do UOL VivaBem, em São Paulo

14/09/2019 12h32

O chá é uma bebida popularmente relacionada à saúde: sempre há quem indique algum tipo para uma dor de estômago, resfriado ou alguma outra doença. No entanto, cientistas decidiram investigar os efeitos da bebida no cérebro, verificando como ela poderia influenciar nas conexões cerebrais.

O estudo, publicado na revista científica Aging, usou exames de imagem e testes de performance cognitiva para analisar as estruturas cerebrais dos pacientes por 4 anos e percebeu que o consumo de chás (no caso o verde, preto e oolong, todos derivados da planta Camelia sinensis) estava relacionado a uma melhor interconexão das áreas cerebrais.

Como o estudo foi feito

  • 36 adultos com 60 anos ou mais foram acompanhados entre 2015 e 2018, com cientistas reunindo informações sobre sua saúde, estilo de vida e bem-estar psicológico;
  • Além disso, eles passaram por testes neuropsicológicos e exames de ressonância magnética do cérebro;
  • Os especialistas levantaram quais dos participantes consumiam chá verde, oolong ou chá preto e com qual frequência;
  • Aqueles que consumiam uma das bebidas ao menos quatro vezes na semana por mais de 25 anos tinham as regiões cerebrais melhor interconectadas.

Por que isso é importante?

O cérebro é dividido em diferentes regiões que se conectam e relacionam para que ele tenha suas funções. Com a idade, essa comunicação pode ir se tornando ineficiente, o que pode atrapalhar a cognição.

"Nossos resultados oferecem a primeira evidência da contribuição positiva do hábito de beber chá para a estrutura cerebral e sugere que bebê-lo regularmente tem um efeito protetivo contra o declínio da organização cerebral relacionado a idade", diz o professor-assistente Feng Lei, um dos participantes do estudo.

No entanto, eles afirmam que outras substâncias podem agir nisso, como o café. Mais estudos precisam ser feitos sobre isso, e com grupos maiores, mas incluir chás no dia a dia pode ser uma medida simples para ter um cérebro mais saudável.