Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Metade das mulheres que engravidam está acima do peso; qual o perigo?

Istock
Imagem: Istock

Priscila Carvalho

Do VivaBem, em São Paulo

13/09/2019 18h22

Metade das mulheres está acima do peso ou obesas quando engravidam, de acordo com dados publicados pelo NHS (National Health Service), o serviço nacional de saúde do Reino Unido.

A pesquisa mostrou ainda que estar acima do peso aumenta o risco de aborto espontâneo e de espinha bífida, que é a má formação congênita na medula espinhal do bebê.

A auditoria nacional do NHS notou que 50,4% das gestantes estavam acima do peso ou obesas nas primeiras consultas entre os anos de 2016 e 2017. No ano anterior, esse número era de 47,3%. O trabalho constatou ainda que um IMC (índice de massa corporal) acima de 30 também triplica o risco de diabetes gestacional, pressão alta e pré-eclâmpsia.

Para chegar a esses dados, o novo relatório feito pela Auditoria Nacional de Maternidade e Perinatal analisou 728.620 nascimentos do NHS na Inglaterra, Escócia e País de Gales entre abril de 2016 e março de 2017. Em 614.569 casos foi registrado foi constatado o IMC das mulheres, sendo 309.854 classificadas como sobrepeso ou obesidade.

De acordo com Russell Viner, um dos autores do estudo, pela primeira vez, mais da metade das mulheres está sendo registrada com sobrepeso ou obesidade durante a gravidez.

Quanto é normal engordar na gravidez? *

Sabemos que é muito comum e normal ganhar peso durante a gravidez, até por que um bebê está sendo formado, tanto ele quanto a placenta tem um peso próprio. Mas quanto é realmente saudável? Isso varia conforme o peso inicial da gestante, de acordo com o Institute of Medicine of the National Academies:

  • Mulheres com baixo peso: Devem ganhar de 12,5 kg a 18,0 kg;
  • Mulheres com peso adequado: Devem engordar de 11,5 kg a 16,0 kg;
  • Mulheres com sobrepeso: Devem ganhar de 7,0 kg a 11,5 kg;
  • Mulheres que apresentam obesidade: Devem ganhar até 7,0 kg.

Alimentação e obesidade na gravidez

Com certeza você já ouviu falar que, durante a gestação, a grávida tem que comer por dois. Mas será que esse "conselho" deve ser levado ao pé da letra? A resposta é não.

Se alimentar por duas pessoas pode levar ao ganho de peso excessivo e desencadear obesidade, uma vez que esta fase da é um dos momentos peculiares para o aumento de células do tecido adiposo— um processo irreversível.

Como falamos acima, a obesidade durante a gestação aumenta o risco de desenvolver diabetes gestacional, distúrbios hipertensivos. Além disso, a taxa de má formação é maior em mulheres obesas do que naquelas com peso normal.

Para evitar que as doenças se desenvolvam no período gestacional, o recomendado é ter um acompanhamento nutricional antes e durante a gravidez. Uma alimentação incorreta durante a gestação gera não apenas alterações na aparência e na composição corporal da mãe, como também pode causar danos ao bebê. Por isso ter um cardápio adequado e saudável garante uma saúde para os dois.

Dados utilizados de matéria publicada em 17/08/2018.

Mais Saúde