Topo

Alimentação

Ideias e informações para você comer melhor


Alimentação

App de delivery tem comida saudável? Aprenda a fugir das armadilhas

iStock
Imagem: iStock

Amanda Cruz

Colaboração para o VivaBem

11/09/2019 04h00

Resumo da notícia

  • Molho gorduroso, salada de frutas com um adicional açucarado: a seção dos ?saudáveis? no aplicativo pode te enganar
  • Para encontrar opções saudáveis, é preciso estar atento aos detalhes do prato e à forma de preparo dos alimentos
  • Cuidado com as promoções! Elas podem fazer você consumir mais comida do que estava planejando

Você trabalhou o dia inteiro, está cansado, não tem nada pronto na cozinha para esquentar e comer. E agora? A solução é pegar o celular e fazer bom proveito daquele aplicativo de delivery de comida famoso, sim, aquele que fica enviando mensagens sobre promoções o dia inteiro. Opções é que não faltam entre os inúmeros restaurantes disponíveis, tem comida para todos os gostos e bolsos. Mas será que tem comida saudável?

As opções disponíveis são bem semelhantes às que você encontraria se fosse na rua buscar algum restaurante para comer. Se você estiver afim de alguma comida mais pesada, como um lanche, uma pizza ou uma massa, por exemplo, provavelmente será mais fácil de encontrar do que uma salada com grelhado.

As ofertas de pratos disponíveis nos aplicativos foram, inclusive, objeto de análise do Grupo de Estudos "Pesquisas e Práticas em Ambiente Alimentar e Saúde", da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). A análise, feita 370 restaurantes cadastrados nos aplicativos de delivery de Belo Horizonte (MG), identificou que esse serviço acaba sendo um importante fator contribuinte para o ambiente obesogênico, ou seja, contribuem e muito para o ganho de peso.

O estudo destaca que as bebidas ultraprocessados são vendidas em quase 80% dos restaurantes, os lanches ultraprocessados em 38% deles e produtos de sorveteria em 33%. Por outro lado, refeições com predominância de legumes e verduras são encontradas em menos de 16% dos restaurantes. Se você quiser frutas então, será mais difícil ainda: apenas 4% deles tinham essa opção.

E o veredito final é: sim, é possível comer algo saudável que seja pedido no aplicativo de delivery. Porém, é preciso se dedicar um pouco mais para encontrar um prato equilibrado e, de preferência, não torne esse processo de pedir comida em app um costume, pois as chances de acabar comprando gato por lebre são grandes. Veja alguns cuidados importantes a seguir:

O que é saudável e o que o app diz que é saudável

Você já deve ter reparado na seção de comidas saudáveis que aparece no app, mas isso não é garantia de nada. "Eles dão a opção da comida saudável, mas isso não resolve nosso papel como consumidor. O que é saudável? Você vai pedir a salada, mas ela vem cheia de molho calórico, com gordura demais", explica a nutricionista Larissa Loures Mendes, professora do Departamento de Nutrição da Escola de Enfermagem da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), que participou do estudo citado acima.

Legumes e verduras também são boas opções de escolha, mas por vezes podem vir carregados de manteiga. Nesse caso, verifique se o restaurante informa como esses alimentos são preparados e dê preferência para os legumes apenas cozidos. Já as saladas, a nutricionista Andrea Guerra, professora de Nutrição da Universidade Presbiteriana Mackenzie, recomenda pedir com o molho à parte, assim você consegue dosar uma quantia menor para consumir.

Guerra também recomenda optar por opções grelhadas e evitar frituras e alimentos empanados, que tem maior absorção de gordura. "Pensando quantidade de gordura, também evitar preparações com muitos queijos, molhos à base de queijo e gratinados", ela explica.

Vai pedir algo para beber? Verifique se existe oferta de bebidas à base de frutas naturais. Esses são opções melhores do que o suco artificial, que parece saudável, mas engana, pois é rico em açúcar. Na sobremesa, se você ainda quiser fazer a linha saudável, também vale ficar de olho na salada de frutas, que pode vir cheia de leite condensado.

Vale a pena aquele "pague 1, leve 2"?

Difícil resistir a uma promoção, né? Mas essas ofertas dos aplicativos de comida podem ser uma armadilha para a sua alimentação. Sabe quando é oferecido o refrigerante grande ou aquele famoso "leve um, pague dois" por um preço a mais baixo? Realmente, é algo que não fará diferença no valor final da sua compra, mas sim na quantia calórica ingerida. Então, se não for dividir a comida com ninguém, fique atento e resista a esse tipo de proposta, porque muito provavelmente acabará comendo mais do que quer ou precisa.

Leia com atenção o que vem no prato

"A melhor opção de fato é ler com cuidado a composição da refeição ou do lanche, entender um pouco mais. Uma alimentação saudável é baseada em alimentos in natura, minimamente processados, o mais naturais possíveis. Então, a rigor, o conceito de uma alimentação saudável é buscar a comida de verdade", ressalta Mendes. Ela destaca ainda a importância do equilíbrio de nutrientes na refeição: é importante ter um bom carboidrato, como o arroz integral, por exemplo, uma proteína, que pode ser a carne grelhada, e os vegetais cozidos, ricos em vitaminas e nutrientes.