PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Estudo: cientistas criam tratamento que reverte doenças autoimunes em ratos

iStock
Imagem: iStock

Do UOL VivaBem, em São Paulo

10/03/2019 16h13

Resumo da notícia

  • Pesquisadores decidram investigar a cura para doenças autoimunes
  • O estudo foi feito em ratos
  • O tratamento foi capaz retardar o início do diabetes em camundongos em 10 semanas

As doenças autoimunes como esclerose múltipla, lúpus e artrite reumatoide podem ter sintomas silenciosos. Pesquisadores da Universidade de Utah Health (EUA) decidiram investigar novos tratamentos para impedir o desenvolvimento dessas doenças em ratos. Os resultados foram publicados no periódico Nature.

Como o estudo foi feito

  • A nova pesquisa se baseou em uma proteína chamada PD-1, que é expressa em células do sistema imunológico, como linfócitos B e T. Essa proteína regula o sistema imunológico, impedindo que glóbulos brancos ataquem o corpo.
  • Os cientistas desenvolveram uma molécula de proteína modificada contendo um fragmento de anticorpo (antiPD-1), uma toxina e um ligante que drena células que expressam o PD1. 
  • Para testar a nova abordagem, os cientistas usaram modelos de ratos que imitam o diabetes tipo 1 ou esclerose múltipla. 
  • Em ambos os casos os resultados foram promissores: o tratamento foi capaz retardar o início do diabetes em camundongos em 10 semanas, mas também interrompeu a progressão da paralisia induzida pela esclerose múltipla. 
  • Os animais recuperaram sua capacidade de andar e, após 25 dias, a paralisia não retornou.

Descoberta favorece tratamento futuro em humanos

As terapias atuais para esclerose múltipla só podem atrasar a progressão, não podem reverter ou curar a doença, por isso, se a paralisia valer em humanos usando esse tipo de tratamento, os autores acreditam que a nova descoberta pode favorecer pacientes que possuem doenças autoimunes. 

SIGA O UOL VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook - Instagram - YouTube

Saúde