Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Kim Kardashian tem pele criticada e explica ter psoríase; entenda a doença

Foto da celebridade gerou comentários na internet sobre sua pele - Reprodução/Twitter
Foto da celebridade gerou comentários na internet sobre sua pele Imagem: Reprodução/Twitter

Giulia Granchi

Do UOL VivaBem, em São Paulo

06/02/2019 14h01

Com pequenas descamações acima do olho e o rosto coberto por maquiagem, uma foto da socialite Kim Kardashian gerou polêmica na internet --alguns comentaram que ela estava tendo um "bad skin day", ou, em português "dia de pele ruim". 

A irmã mais famosa do clã logo saiu em própria defesa: declarou ter psoríase, doença com a qual foi diagnosticada há cerca de 8 anos.

"É psoríase por todo meu rosto", diz o tweet

Kim Kardashian mostra marcas da psoríase em sua barriga no reality show de sua família - Reprodução/Keeping Up With The Kardashians
Kim Kardashian mostra marcas da psoríase em sua barriga no reality show de sua família
Imagem: Reprodução/Keeping Up With The Kardashians

Trata-se de uma doença de pele inflamatória e crônica, que acomete cerca de 2 milhões de pessoas por ano só no Brasil. O sintoma mais comum é a irritação da pele, com manchas vermelhas e descamações que aparecem principalmente nos cotovelos, joelhos, couro cabeludo e costas, mas podem acometer outras regiões. 

Por alterar a aparência, é comum que a inflamação mexa com a autoestima dos pacientes, como é o caso de Kim. Após ter sua foto divulgada, a socialite pediu ajuda aos internautas para dicas do que funciona com a doença.

No passado, ela também comentou que usa produtos à base de algas e até já passou o leite materno da irmã na pele, com a esperança de amenizar as lesões."São técnicas que não têm embasamento científico, e além de não ajudar, podem piorar o caso. A recomendação médica é sempre necessária", indica Ricardo Romiti, dermatologista, Professor Assistente do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP e Coordenador da Campanha Nacional de Psoríase da SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia).

O especialista explica que, primeiramente é necessário um diagnóstico médico, pois a psoríase pode ser confundida com outras doenças de pele. Após a confirmação, para cada caso, recomenda-se um tratamento diferente. "Em graus mais leves, é indicado cremes e pomadas anti-inflamatórias. Para os de maior extensão, já existem tratamentos a base de comprimidos e até injeções, que são seguros e muito efetivos", esclarece. 

O que causa a psoríase?

A socialite também apresenta manchas de psoríase nas pernas, como mostrou no mesmo reality show - Reprodução/Keeping Up With The Kardashians
A socialite também apresenta manchas de psoríase nas pernas, como mostrou no mesmo reality show
Imagem: Reprodução/Keeping Up With The Kardashians

As manchas e descamações da psoríase vem e vão. De acordo com o médico, não existe apenas uma causa para que as manchas apareçam. A doença é multifatorial e pode se manifestar após infecções, ingestão de medicamentos ou períodos de estresse. Muitos pacientes apresentam a doença por hereditariedade, como é o caso de Kim, que tem a mãe acometida.

"Os sinais geralmente aparecem em jovens adultos, entre 20 e 30 anos de idade, e podem ser leves, com pequenas manchas e pouca descamação, ou severos, acometendo até 100% do corpo", afirma Romiti.

A doença não tem consequências muito severas para a saúde, e muitos que o maior problema seja o preconceito que os pacientes sofrem. "A doença não é infecciosa, mas mesmo assim, muitas vezes por não saber, as pessoas têm receio de tocar os que sofrem com o quadro", indica o médico.

SIGA O UOL VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook - Instagram - YouTube