PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Decisão difícil? Cochile! Sonecas ajudam a processar informações no cérebro

Dormir gera melhorias na assimilação dos fatos apresentados de forma subconsciente, de acordo com estudo - iStock
Dormir gera melhorias na assimilação dos fatos apresentados de forma subconsciente, de acordo com estudo Imagem: iStock

Do UOL VivaBem, em São Paulo

28/10/2018 11h38

Sabe aquele momento em que você precisa tomar uma decisão e fala: “Vou dormir com isso, amanhã resolvo”? Melhor coisa a se fazer, de acordo com um novo estudo publicado no periódico científico Journal of Sleep Research. Após medir as mudanças na atividade cerebral das pessoas antes e depois de um cochilo, cientistas concluíram que um período de sono pode ajudar a pesar prós e contras, ou melhorar a visão geral do contexto antes de tomar uma decisão desafiadora.

A pesquisa, liderada por pesquisadores da Universidade de Bristol (Inglaterra), tinha como objetivo compreender se um curto sono pode ajudar a processar informações inconscientes e como isso afeta nosso comportamento e tempo de reação.

VEJA TAMBÉM:

As descobertas revelam os benefícios de um cochilo na função cognitiva do cérebro e comprovaram que, mesmo durante breves episódios de sono, processamos informações de que não temos total consciência acordados.

Para chegar a essa conclusão, dezesseis participantes saudáveis de várias idades foram recrutados para participar de testes. Eles precisavam realizar duas tarefas: na primeira era preciso dizer quando viam um quadro vermelho e um azul em uma tela cheia de imagens, e na segunda era necessário ouvir informações dos cientistas.

Na segunda missão, os pesquisadores deram informações claras e algumas informações mascaradas aos voluntários. Ou seja, eles apresentaram uma história e contavam alguns detalhes muito brevemente ou “escondiam” certas informações no meio do texto, assim, tais fatos não eram conscientemente notados pelos voluntários, mas a informação era processada em um nível subliminar dentro do cérebro.

Após os testes, parte dos participantes ficava acordado, enquanto o restante tirava uma soneca de até 90 minutos antes de executar as tarefas novamente.

Registrando a atividade elétrica produzida naturalmente no cérebro, os cientistas mediram a mudança na atividade cerebral e nas respostas antes e depois do cochilo.

O resultado? O sono melhorou a velocidade de processamento da história contada pelos pesquisadores, sugerindo que dormir gera melhorias na assimilação dos fatos apresentados de forma subconsciente.

Assim, a pesquisa sugere que até um breve período de sono ajuda a melhorar nossas repostas e processamento de informações, podendo otimizar o comportamento humano direcionado por objetivos. A memória é fortalecida pelo sono.

Está precisando tomar uma decisão importante? Pode deitar um pouco e você provavelmente decidirá com maior clareza. 

SIGA O UOL VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook - Instagram - YouTube

Saúde