Topo

Check-up VivaBem

Aqui boato não tem vez! Esclarecemos o que dizem por aí


Check-up VivaBem

Dieta detox: sucos e sopas realmente limpam o organismo?

Check-up VivaBem - desintoxição

Giulia Granchi

Do UOL VivaBem, em São Paulo

19/09/2018 04h00

Você já deve ter visto alguém vivendo (ou sobrevivendo) por alguns dias apenas de sopas, sucos (especialmente o verde) e água de coco, com objetivo de eliminar toxinas do organismo, diminuir a retenção de líquidos e exterminar as gordurinhas extras --ou compensar os "estragos" de um fim de semana regado a bebidas alcoólicas e fast-food. 

A dieta detox até hoje atrai muita gente que busca uma vida saudável. Mas você não precisa de nada disso para que ocorra uma "faxina" no organismo. 

Por que não é necessário uma dieta detox para limpar o corpo?

Nosso corpo tem um sistema complexo preparado para fazer sua própria desintoxicação. As substâncias que ingerimos e são absorvidas pelo trato gastrointestinal passam pelo fígado antes de chegar ao resto do organismo. O órgão é responsável por metabolizar tudo que é bom ou ruim: nutrientes dos alimentos, álcool, medicamentos, drogas. Ele "transforma" as tóxinas em subprodutos inofensivos, que são eliminados nas fezes ou na urina

 Ou seja, a "faxina" do organismo é feita naturalmente e não depende de um suco de couve ou de uma sopa de abóbora com chuchu e amaranto.     

VEJA TAMBÉM:

De onde vem a ideia da desintoxicação por alimentos?

Basicamente, a ideia da dieta detox é ingerir ingredientes saudáveis, que não "intoxicam" o corpo e vão contribuir para a sua "limpeza". Realmente, frutas, verduras, legumes, chás, castanhas e outros alimentos naturais são fontes de vitaminas, minerais e fibras, essenciais para o bom funcionamento do organismo.

Os vegetais ainda fornecem antioxidantes. Eles ajudam no combate aos radicais livres, que em excesso podem causar envelhecimento precoce da pele, enfraquecimento do sistema imunológico e aumentar o risco de doenças. Mas, para o corpo, tanto faz se os nutrientes da couve serão consumidos em um suco ou um prato no almoço. É por isso que a dieta detox não tem sentido. Basta você comer de maneira saudável. Isso deve ser feito a vida inteira, e não apenas pensando em desintoxição.  

O perigo das dietas totalmente líquidas

Viver à base de sopas e sucos não é indicado por médicos, pois na alimentação pode faltar macronutrientes --proteínas, carboidratos e gorduras -- e fibras essenciais para o bom funcionamento do corpo.

Além disso, o organismo geralmente não reage bem a uma mudança radical no cardápio e, pelo curto tempo da dieta, o emagrecimento não será duradouro. Tem também a questão do controle da fome. Ao mastigarmos os alimentos enviamos sinais à região do cérebro que controla a saciedade. Sem isso, uma hora seu corpo vai ficar desesperado por comer algo sólido, e você vai sentir desejo de algo bem calórico, o que pode colocar tudo a perder.  

Vale mais a pena acrescentar hábitos saudáveis de forma gradual e reeducar a mente para manter os bons resultados.

Fontes: Bruno Mesquita, nutrólogo e médico do esporte pela Faculdade Universidade Metropolitana de Santos e da Santa Casa Misericórdia de Santos e Celso Cukier, nutrólogo do Hospital São Camilo e mestre em medicina (Cirurgia do Aparelho Digestivo) pela Universidade de São Paulo (USP).

SIGA O UOL VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook - Instagram - YouTube

Check-up VivaBem