PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Dieta saudável garante bom envelhecimento celular e evita doenças crônicas

Uma dieta balanceada ajuda a manter as células saudáveis e evitar doenças como diabetes tipo 2 e alguns tipos de câncer - iStock
Uma dieta balanceada ajuda a manter as células saudáveis e evitar doenças como diabetes tipo 2 e alguns tipos de câncer Imagem: iStock

Do VivaBem, em São Paulo

21/08/2018 13h31

Comer bem é algo muito importante para saúde e até nossas células agradecem. Isso porque ter uma dieta rica em frutas, vegetais e cereais integrais, e ao mesmo tempo pobre em açúcar refinado, sódio e carnes processadas pode ajudar a promover o envelhecimento celular saudável -- principalmente em mulheres --, de acordo com estudo publicado no American Journal of Epidemiology.

“Seguir uma dieta balanceada pode nos ajudar a manter células saudáveis e evitar certas doenças crônicas. O ideal é melhorar a qualidade geral do cardápio, em vez de enfatizar alimentos individuais ou nutrientes”, diz a principal autora da pesquisa, Cindy  Leung, da Universidade de Michigan (EUA).

Veja também:

No estudo, os pesquisadores usaram o comprimento de telômeros para medir o envelhecimento celular. Para deixar claro, telômeros são as extremidades das estruturas que “empacotam” o DNA, e eles ficam mais curtos com o passar dos anos, um fenômeno ligado ao envelhecimento.

Pesquisas recentes mostraram que os telômeros também podem ser encurtados devido a fatores comportamentais, ambientais e psicológicos, e que telômeros mais curtos são associados a um aumento do risco de doenças cardíacas, diabetes tipo 2 e alguns tipos de câncer.

Os cientistas examinaram as dietas de 5 mil adultos saudáveis e fizeram testes para ver como cada um pontuava em índices de qualidade da alimentação. Entre as mulheres, as pontuações mais altas, que evidenciaram boas dietas, estavam associadas a um maior tamanho de telômeros.

Nos homens, os resultados seguiram na mesma direção, mas não foram estatisticamente significativos como os das mulheres.

“Ficamos surpresos que os resultados foram consistentes independe da dieta específica. Sendo dieta mediterrânea ou DASH, o voluntário que focou no aumento do consumo de frutas, vegetais, cereais integrais e proteínas vegetais, e na redução de açúcar, sódio, carne vermelha e processada, teve bons resultados e maiores telômeros”, afirma Leung.

No geral, os dados sugerem que seguir uma dieta saudável com estas diretrizes está associado a um maior comprimento de telômeros e, consequentemente, na redução de doenças crônicas graves. A semelhança com todos os padrões de alimentação saudável é que são ricos em alimentos antioxidantes e anti-inflamatórios, que criam um ambiente bioquímico favorável aos telômeros.

Agora, quando for fazer um prato bonito e saudável, pense que não só a balança agradece, mas seus telômeros --e seu futuro -- também. 

VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook • Instagram • YouTube

Saúde