PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Menos ejaculação precoce e mais bom humor: veja benefícios da masturbação

iStock
Imagem: iStock

Daniel Navas

Colaboração para o VivaBem

17/08/2018 04h00

Motivo de piadas entre os homens, passar um tempinho a mais dentro do banheiro não deveria causar vergonha a ninguém. Afinal de contas, se masturbar é algo saudável e pode trazer diversos benefícios. Não acredita? A seguir mostramos cinco bons motivos para você mudar de ideia e manter sua mão ocupada... 

1. Evita problemas de ereção 

A masturbação ajuda a fortalecer o assoalho pélvico. De acordo com um artigo publicado no Sex Medical Review, realizado pelo pesquisador Irwin Goldstein, um dos mais renomados especialista na área de medicina sexual, quando essa área começa a perder tônus muscular, aumenta-se as chances de problemas de ereção e incontinência urinária.

Toda atividade sexual, incluindo a masturbação, auxilia na manutenção da musculatura do assoalho pélvico por causar contrações musculares nesta região, necessárias para a ejaculação, e que pode reduzir a perda de tônus muscular comum com a idade”, aponta Bruno Nascimento, urologista da Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo). 

Veja também:

2. Diminui o risco de câncer de próstata

Um estudo da Universidade Harvard, publicado no Journal of American Medical Association, analisou cerca de 30 mil homens e concluiu que aqueles que ejaculavam mais de 21 vezes durante o mês reduziram em 33% o risco de desenvolver câncer de próstata, em comparação a quem gozava só três a quatro vezes. E como nem sempre é fácil atingir esse número de ejaculação com sexo, a masturbação pode entrar no jogo para ajudar... 

“O argumento para tal feito seria que o esperma é oncogênico, portanto, deixá-lo acumulando no organismo poderia aumentar a probabilidade de ter um tumor”, explica Alex Meller, urologista da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) e membro do corpo clínico do Hospital Israelita Albert Einstein.

Os especialistas alertam que é necessário realizar mais estudos para confirmar essa relação. Daher Chade, urologista do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (ICESP) e Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, diz que não é possível recomendar a masturbação como forma de prevenção do câncer de próstata, independentemente da frequência. Mesmo sem garantiras, vale a pena cumprir a cota mensal, não acha? 

3. Melhora a imunidade do corpo

Alguns estudos indicam que se masturbar constantemente aumenta a produção de anticorpos, o que tende a turbinar sua imunidade. “Há uma produção maior de anticorpos IgA (Imunoglobulina A), da mesma forma que a eliminação do sêmen pelas vias ejaculadoras impede a proliferação de bactérias oportunistas no pênis”, afirma Cesar Marinelli, urologista especialista em medicina preventiva, assistente da disciplina de urologia da Faculdade de Medicina do ABC e membro da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU).

Quantas vezes você se masturba por semana?

Resultado parcial

Total de 36137 votos
6,73%
31,22%
18,87%
23,62%
19,56%
Total de 36137 votos

4. Aumenta o tempo do sexo

Às vezes, a chamada ejaculação precoce pode acontecer simplesmente pelo fato do homem estar um tempo sem sexo e não ter "treinado" muito no período de abstinência. Masturbar-se regularmente vai ajudar a ter maior conhecimento do seu corpo e identificação do nível de excitação. Na hora da transa, isso pode ser traduzido em um maior controle do momento do orgasmo e satisfação do casal.

“Um bom treinamento durante a masturbação é: quando estiver quase chegando ao orgasmo, interrompa o movimento e se 'segure' para não gozar. Dessa forma, o homem aprende a controlar a hora da ejaculação, o que aumenta o tempo do sexo”, ensina a sexóloga Laura Muller.

5. Turbina o seu humor

A ejaculação estimula a produção de neurotransmissores que trazem bem-estar e a sensação de prazer, como a serotonina. “Essas substâncias tendem a deixar a pessoa mais relaxada, feliz, animada e bem-humorada”, finaliza Alex Meller.

É importante saber que ao gozar também há um aumento da dopamina no cérebro, neurotransmissor associado ao vício, que pode fazer você querer se masturbar mais e mais. Quem bom, não é? (Desde que isso não se torne um transtorno psicológico e atrapalhe seu dia a dia, claro...)

VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook • Instagram • YouTube

Saúde