Topo

Alimentação

Ideias e informações para você comer melhor


Alimentação

Comer usando celular ou lendo aumenta o consumo calórico em até 20%

Comemos mais quando estamos distraídos pois não prestamos atenção nos sinais que o corpo manda dizendo estar satisfeito - iStock
Comemos mais quando estamos distraídos pois não prestamos atenção nos sinais que o corpo manda dizendo estar satisfeito Imagem: iStock

Do VivaBem, em São Paulo

11/05/2018 12h21

Chegou a hora do almoço. Você faz seu prato, senta na mesa e pega o celular para dar uma olhada como andam os posts no Instagram ou lê o jornal? Esse hábito pode engordar, além de irritar quem está sentado ao seu lado querendo bater papo.

Quem come entretido no smartphone consome 15% a mais de calorias na refeição --em média cerca de 79 calorias extras. Já ler um texto aumenta a ingestão energética em 20% --101 calorias a mais, ou dois filés de frango de 100 g, segundo pesquisa do Departamento de Ciências da Saúde da UFLA (Universidade Federal de Lavras).

Veja também:

Para chegar a esta conclusão, os pesquisadores, liderados pelo professor Luciano José Pereira, analisaram 64 pessoas com idades entre 18 e 40 anos. Foi anotado o perfil de mastigação de cada voluntário, o IMC (Índice de Massa Corporal) e as preferências alimentares durante um lanche da tarde.

Estudantes também participaram dos testes. Em jejum por, no mínimo, quatro horas, eles receberam um lanche com variedade de frutas, pães, biscoitos, chocolate, água, entre outras delícias. A quantidade de comida ingerida foi medida em três encontros aleatórios, nos quais cada um dos participantes fez uma alimentação sem distração, outra lendo um texto de revista e uma usando o celular.

Os resultados comprovaram que as pessoas comem mais quando estão distraídas por terem dificuldade de perceber as mensagens químicas que o corpo envia para mostrar que está satisfeito. Você fica tão grudado na telinha que não ouve o próprio corpo.

“Pode parecer pouco o aumento de 15% ou 20%, mas, se considerar que esse padrão é repetido várias vezes ao dia e no mês, o ganho de peso é significativo e pode levar à obesidade”, afirmou Pereira em entrevista ao site da UFLA.

Tanto o smartphone quanto o texto são obstáculos ainda maiores na alimentação de quem está com sobrepeso. Pessoas acima do peso que fizeram a refeição usando o celular ingeriram 53 calorias a mais do que quem está com o IMC normal (que já extrapolou 15%). O número salta para 83,7 calorias extras quando a atenção de quem tem IMC elevado está presa na leitura.

No caminho contrário do que muita gente acredita, o estudo não apontou interferência do tipo de mastigação na quantidade de comida ingerida.

VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook • Instagram • YouTube