PUBLICIDADE

Topo

Por que ficamos com a sensação de inchaço ao beber cerveja?

iStock
Imagem: iStock

Helô Oliveira

Colaboração para o VivaBem

23/03/2018 04h00

Se você não perde a oportunidade de fazer um happy hour com os amigos já deve ter sentido aquela sensação de estufamento depois de duas ou três latinhas de cerveja. Segundo Ana Paula Gonçalves, nutricionista do Hospital e Maternidade São Cristóvão, de São Paulo, isso é supercomum e acontece devido à vasodilatação dos vasos sanguíneos.

“Quando as artérias relaxam, elas aumentam de calibre e permitem que uma quantidade maior de sangue extravase para os pés. Como há mais sangue que o normal, o corpo tem dificuldade em drená-lo de volta para o coração, o que provoca inchaço”, explica. Esse processo é agravado quando a pessoa permanece sentada por muito tempo. “Nesse caso, os músculos da perna são incapazes de fornecer o bombeamento necessário para remover o acúmulo de líquido”, afirma.

Leia também:

Segundo Sergio Paiva, vice-presidente da Sociedade Brasileira de Alimentação e Nutrição (SBAN), a sensação de que a cerveja estufa mais que as demais bebidas pode estar relacionada à quantidade de álcool em sua composição. “Por possuir menos álcool, acabamos bebendo mais cerveja que vinho ou vodca, por exemplo, que já têm um teor alcoólico maior. Esse volume exagerado de líquido ocupa o estômago e causa o estufamento”, diz.

Atrelado a isso há o fato de se tratar de uma bebida gaseificada, que, assim como refrigerantes, libera dióxido de carbono no organismo. “Esse gás dilata o estômago, causando incômodo e a sensação de que estamos cheios”, destaca Weruska Barrios, nutricionista do hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo.

De olho nos aperitivos

É praticamente impossível pedir uma cerveja na mesa de bar e passar ileso pela lista de acompanhamentos. Batata frita, mandioca, polenta, pastel, bolinho de arroz... Essa combinação é uma delícia, mas pode causar mais estragos do que você imagina.

“A maioria dos petiscos que consumimos junto com a cerveja são ricos em sódio, componente que provoca retenção de líquidos e, consequentemente, incha a barriga. Para piorar, a própria cerveja também possui sódio, o que intensifica a sensação”, ressalta Ana Paula.

Na dúvida, limite o consumo a 30 gramas de álcool por dia, valor recomendado pela OMS (Organização Mundial da Saúde) e equivalente a duas latas de cerveja ou a três copos de chope. Para não passar do ponto na hora da diversão, hidrate-se com bastante água antes, durante e após o consumo. Ela irá desintoxicar o organismo, livrando-o do excesso de álcool.