PUBLICIDADE

Topo

VivaBem

Não vai à academia nem que te paguem? Estudo aponta que você não está só

Getty Images
Imagem: Getty Images

Do UOL

02/08/2017 11h07

Superar a preguiça para fazer um exercício é, muitas vezes, uma real tortura. Mas e se pagarem um dinheirinho? Você supera essa vontade de se afundar no sofá? Segundo um estudo recente da National Bureau of Economic Research, nos EUA, o dinheiro é incapaz de comprar sua disposição para malhar.

O experimento contou com 836 novos membros de uma academia particular, que foram divididos em quatro grupos: um que ganhava US$ 30 não importando o que fizessem e os outros três seriam recompensados se fossem à academia ao menos nove vezes nas primeiras seis semanas. Os incentivos variavam entre US$ 30 (cerca de R$ 93), US$ 60 (cerca de R$ 187) ou um item de US$ 30 à escolha do participante.

Antes do estudo, as pessoas disseram que planejavam malhar três vezes por semana, mas a realidade foi bem diferente. O estudo analisou cada vez que os participantes foram à academia e os resultados mostram que nenhum dinheiro é capaz de dar ajuda na disciplina.

O primeiro grupo começou bem, indo numa média de 1,5 vezes por semana, mas passadas as seis semanas, passaram a ir uma vez. Os outros grupos não foram melhor: começaram com uma média de 1,73 visitas semanais, mas acabaram com um dia de malhação por semana.

Mariana Carrera, economista e uma das autoras do estudo, afirma que no começo todos estavam otimistas com a recompense, mas isso não basta para incentivar uma regularidade na academia.

VivaBem