PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Bayer vai ajudar CureVac a produzir vacina anticovid, que está em fase final

Pesquisador injeta candidata a vacina contra covid-19 em voluntário no início de ensaio clínico na Alemanha - Kai Pfaffenbach
Pesquisador injeta candidata a vacina contra covid-19 em voluntário no início de ensaio clínico na Alemanha Imagem: Kai Pfaffenbach

07/01/2021 08h40

Berlim, 7 Jan 2021 (AFP) - A gigante do setor químico e farmacêutico Bayer anunciou hoje sua colaboração com o laboratório alemão CureVac para apoiá-lo no desenvolvimento de sua vacina contra a covid-19, atualmente na fase final dos testes clínicos.

As duas empresas "celebram um acordo de colaboração e serviços (...) para apoiar a CureVac em muitas áreas", incluindo a produção e a comercialização de uma vacina de RNA mensageiro "para facilitar o fornecimento de várias centenas de milhões de doses", afirmou a Bayer em um comunicado.

Com sede em Tübingen, no oeste da Alemanha, a CureVac espera trazer a vacina contra a covid-19 ao mercado ainda este ano. Em dezembro, a empresa anunciou o lançamento da terceira e última fase de ensaios clínicos.

A Comissão Europeia já assinou um contrato com esta empresa especializada em RNA mensageiro para a compra de 405 milhões de doses.

"A Bayer trará sua experiência e sua infraestrutura estabelecida em áreas como operações clínicas, questões regulatórias, farmacovigilância, informação médica, desempenho da cadeia de abastecimento", disseram as duas empresas no comunicado.

A vacina candidata do CureVac pode permanecer estável por pelo menos três meses na temperatura da geladeira, de acordo com o presidente da empresa, Franz-Werner Haas, enquanto a da Pfizer/BioNTech deve ser armazenada a -70ºC, e a Moderna, a -20ºC.

Saúde