PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Agência dos EUA aprova teste de saliva coletado em casa para coronavírus

30.mar.2020 - De avental de plástico, enfermeira colhe amostra para teste de coronavírus em Chessington, no Reino Unido  - Dan Kitwood/Getty Images
30.mar.2020 - De avental de plástico, enfermeira colhe amostra para teste de coronavírus em Chessington, no Reino Unido Imagem: Dan Kitwood/Getty Images

Em Washington

08/05/2020 16h51

A Food and Drug Administration (FDA) dos EUA aprovou hoje, para uso emergencial, o primeiro teste de diagnóstico de coronavírus com amostras de saliva coletadas em casa.

O exame foi desenvolvido pelo Laboratório Rutgers Clinical Genomics. No mês passado, a agência já havia aprovado um teste de diagnóstico para covid-19 com a opção de coleta domiciliar usando amostras retiradas do nariz dos pacientes com um cotonete.

"Autorizar testes de diagnóstico adicionais com a opção de coleta de amostras em casa continuará a aumentar o acesso de pacientes aos testes de covid-19" afirmou em comunicado o comissário da FDA, Stephen Hahn. "Isso fornece uma opção adicional para uma coleta fácil, segura e conveniente de amostras necessárias para testes sem precisar ir a um consultório, hospital ou local de teste."

O teste do Rutgers é prescrito apenas para o momento.

O paciente coleta uma amostra de saliva usando o kit de autocoleta e envia para teste no laboratório Rutgers, atualmente o único local que usa amostras de saliva para testar coronavírus, informou a FDA.

Além deste, a FDA autorizou mais de 80 testes covid-19, a maioria realizados por laboratórios privados ou instalações de pesquisa. "Oferecer mais opções para a coleta de amostras em casa é um importante avanço nos testes de diagnóstico durante essa emergência de saúde pública," afirmou Hahn.

Em 20 de abril, a FDA autorizou uma das maiores redes privadas de laboratórios dos EUA, a LabCorp, a analisar amostras nasais coletadas por pacientes em casa.

Saúde