PUBLICIDADE

Topo

Verônica Laino

Como montar uma lancheira saudável para seu filho

Fabio Braga/Folhapress
Imagem: Fabio Braga/Folhapress
Conteúdo exclusivo para assinantes
Verônica Laino

Verônica Laino é formada em nutrição pela USP (Universidade de São Paulo), pós-graduada em Nutrição Clínica e Esportiva Funcional e coach de emagrecimento. Trabalhou em clínica particular por sete anos e hoje dedica seu tempo aos seus coachees e a? produc?a?o de conteu?do online, mi?dias sociais e eventos, como forma de alcanc?ar cada vez mais pessoas e ajuda?-las a levar uma vida pra?tica, sauda?vel, balanceada e gostosa.

Colunista do UOL

27/07/2021 04h00

Com a volta às aulas sempre fica aquela dúvida de como montar um lanche saudável e nutritivo para sua criança, seja para ela levar na aula presencial ou para comer em casa no intervalo da aula online.

Oferecer uma alimentação saudável para os pequenos é sempre um grande desafio, especialmente diante de tantas opções de produtos disponíveis no supermercado —e muitas vezes estamos em uma correria que nem sempre dá tempo para preparar algo superelaborado. É por isso que o planejamento é essencial, mas é claro que um pouco de criatividade também ajuda muito.

Sempre que for montar a lancheira, priorize produtos naturais e tente reduzir ao máximo os industrializados. Se for incluir algum industrializado, leia a lista de ingredientes e só compre se reconhecer todos os itens descritos.

Outro ponto muito importante é tentar balancear a lancheira, assim a criança fica bem nutrida e não chega em casa morrendo de fome. Temos que pensar sempre em uma fonte de nutrientes (que pode ser de frutas, legumes ou verduras), uma fonte de carboidrato (que pode ser da fruta, pão integral, bolo caseiro ou biscoito integral) e finalizar com uma boa fonte de proteína, como iogurte natural sem sabor, frango desfiado, atum, húmus, tofu, ou, se a receita levar ovo (como o bolo, por exemplo), não precisa enviar nada adicional.

pai preparando lancheira; lancheira escolar - Getty Images - Getty Images
Imagem: Getty Images

Crianças são muito focadas na apresentação, então temos que tentar tornar este lanche lúdico. Afinal, se você olhar as embalagens dos lanches destinadas ao público infantil, elas são sempre brilhantes e muitas ainda têm brindes que vêm dentro das guloseimas. Para tentar competir com as embalagens do mercado, que tal ir a lojas que vendem lembrancinhas de aniversário e colocar uma diferente por dia dentro da lancheira? Não precisa ser nada caro, pode ser um adesivo (compre uma cartela e recorte os adesivos, mandando no máximo três por vez), ou uma tatuagem temporária, um giz de cera ou qualquer outra coisa que garanta a brincadeira na hora do lanche. Vale, inclusive, embrulhar a comida em um saquinho bem colorido e opaco para despertar a curiosidade da criança.

Outra coisa que temos que lembrar é que não precisamos enviar suco em todas as lancheiras. Eles são feitos de frutas e são fontes de carboidrato, então o ideal seria enviar o suco somente quando não tem outra fonte de carboidrato no lanche. A ideia é ensinar a criança a beber água ou chá sem açúcar.

Se for mandar o suco, o melhor é apostar nos de fruta natural sem açúcar. Se não for possível fazer o suco, pode comprar os industrializados, desde que na embalagem esteja escrito 100% suco, sem conservantes e não adoçado artificialmente, nem com açúcar, nem com adoçante. Os sucos que têm uma embalagem em que está escrito "néctar de fruta" são contraindicados por conta do excesso de açúcar e aditivos químicos em sua composição.

O suco caseiro, para que ele se mantenha geladinho e sem estragar até o intervalo, você precisa mandar dentro de uma boa garrafa térmica, assim garante a qualidade do produto até o consumo.

lancheira escolar; lancheira saudável - Getty Images - Getty Images
Imagem: Getty Images

Para te ajudar, confira algumas opções de lancheiras saudáveis:

  • Opção 1: uvas sem caroço, sanduíche de pão integral com patê de frango e folha de alface;
  • Opção 2: cenoura baby para comer com homus (pasta de grão-de-bico) e suco de uva integral diluído com água;
  • Opção 3: iogurte natural sem açúcar, um potinho com fruta picada (aqui você pode fazer um mix de frutas que vão deixar o iogurte doce, como mamão, morango, ameixa desidratada ou uva passa) e aveia em flocos finos. Na hora do intervalo, a criança abre o iogurte e joga no pote com as frutas e a aveia, então mistura e come tudo junto;
  • Opção 4: bolo de chocolate integral caseiro e mexerica já descascada;
  • Opção 5: biscoito de queijo e água de coco.