PUBLICIDADE

Topo

Verônica Laino

Turbine seu dia com o gengibre: ele alivia gripes e melhora a digestão

iStock
Imagem: iStock
Conteúdo exclusivo para assinantes
Verônica Laino

Verônica Laino é formada em nutrição pela USP (Universidade de São Paulo), pós-graduada em Nutrição Clínica e Esportiva Funcional e coach de emagrecimento. Trabalhou em clínica particular por sete anos e hoje dedica seu tempo aos seus coachees e a? produc?a?o de conteu?do online, mi?dias sociais e eventos, como forma de alcanc?ar cada vez mais pessoas e ajuda?-las a levar uma vida pra?tica, sauda?vel, balanceada e gostosa.

Colunista do UOL

13/07/2021 04h00

Você tem costume de consumir gengibre no seu dia a dia? Essa raiz está associada ao emagrecimento, melhora da digestão de alimentos, principalmente aqueles ricos em gordura e melhora da imunidade.

Benefícios

O gengibre é uma raiz muito utilizada na culinária, tanto em receitas salgadas como doces, mas o grande diferencial é o gingerol, uma substância rica em propriedades antimicrobianas, antioxidantes e anti-inflamatórias que protegem o organismo.

Além do gingerol, que confere o sabor ardido, ele contém outros componentes medicinais como cafeno, felandreno, zingibereno e zingerona.

100 gramas de gengibre cru contêm aproximadamente:

  • 80 calorias
  • 17,8 gramas de carboidratos
  • 1,8 gramas de proteína
  • 0,7 gramas de gordura
  • 2 gramas de fibra dietética
  • 415 miligramas de potássio (12% DV)
  • 0,2 miligramas de cobre (11% DV)
  • 0,2 miligramas de manganês (11% DV)
  • 43 miligramas de magnésio (11% DV)
  • 5 miligramas de vitamina C (8% DV)
  • 0,2 miligramas de vitamina B6 (8% DV)
  • 0,7 miligramas de niacina (4% DV)
  • 34 miligramas de fósforo (3% DV)
  • 0,6 miligramas de ferro (3% DV)

1. Termogênico natural

Se o seu foco é redução de peso, ele pode ser um bom aliado, pois tem um efeito termogênico. Para obter os benefícios, o indicado é consumir diariamente a quantidade de uma fatia média ou uma colher (de café) dele em pó.

O gengibre atua na perda de peso pois acelera o metabolismo, fazendo com que a queima de gordura corporal seja estimulada. Ao consumir o gengibre, ele aumenta a produção de calor e suor, por isso recebe o nome de termogênico, podendo aumentar o gasto calórico em mais de 10%.

kitano-gengibre - Adobe Stock - Adobe Stock
Imagem: Adobe Stock

2. Alivia gripe e resfriados

Se sentiu o corpo reclamando de gripe e resfriados, o gengibre é incrível por combater infecções. É rico em vitaminas C e B6, que ajuda a tratar inflamações principalmente na garganta e auxilia nas defesas do corpo. Tem propriedades antioxidantes, que fortalecem o sistema imunológico.

3. Melhora a digestão

Quando for consumir alimentos ricos em gordura, vale a pena incluir o gengibre, pois ele ajuda na digestão destes alimentos, além de proteger o fígado.

Contraindicações

Agora temos que tomar cuidado, pois gengibre não é para todo mundo. Apesar dos benefícios, pessoas que têm pressão alta devem ficar atentas. Observe se sentir ardor no estômago, diarreia, desconforto estomacal e azia após a ingestão do gengibre. Neste caso, é necessário retirá-lo da dieta.

infusão gengibre 2 - Léo Avesani - Léo Avesani
Imagem: Léo Avesani

Preparações culinárias

No mercado temos dois tipos, o fresco e o em pó. Quando in natura, tem uma quantidade grande de gingerol, porém quando se aquece o gingerol, ele é convertido em shogaol, que dá um sabor picante.

Para fazer o chá, o ideal é ralar o gengibre e colocar em infusão por no máximo 5 minutos, assim não perde muito o gingerol.

Outra preparação interessante é para reduzir o apetite. Utilize um 1 limão, 1/4 de gengibre e 350 ml de água, deixe o gengibre na água por 1h, mais ou menos. Após isso, acrescente o limão e beba imediatamente. A água deve ser em temperatura ambiente, para não perder o gingerol e o efeito antioxidante.

O gengibre também é uma ótima opção para temperar a salada. Faça uma mistura com gengibre + limão + sal (com jiló fica uma delícia).

Armazenamento

Para obter o máximo aproveitamento do gengibre, o ideal é guardar com a casca em um saco plástico ou em um pote e colocá-lo no compartimento para gavetas da geladeira. O gengibre na geladeira pode durar cerca de 3 a 4 semanas.

Se preferir, congele. Basta embrulhar o gengibre em um saco plástico e armazená-lo no congelador. Se você estiver usando para fazer suco de gengibre, pode ralar e extrair o suco sem descongelar primeiro. Como alternativa, experimente picar o gengibre antes de congelá-lo, para facilitar o preparo.