PUBLICIDADE

Topo

Verônica Laino

Bolinho de feijão feito com sobras é um petisco que vai surpreender você

Léo Avesani
Imagem: Léo Avesani
Verônica Laino

Verônica Laino é formada em nutrição pela USP (Universidade de São Paulo), pós-graduada em Nutrição Clínica e Esportiva Funcional e coach de emagrecimento. Trabalhou em clínica particular por sete anos e hoje dedica seu tempo aos seus coachees e a? produc?a?o de conteu?do online, mi?dias sociais e eventos, como forma de alcanc?ar cada vez mais pessoas e ajuda?-las a levar uma vida pra?tica, sauda?vel, balanceada e gostosa.

Colunista do UOL

13/04/2021 04h00

Vai chegando o fim da semana e a gente já vai pensando em comidas diferentes para nos deliciar no final de semana, não é mesmo?
Porém, muitas vezes, chega na quinta-feira e tem comida pronta na geladeira. O que você faz? Não podemos jogar no lixo, afinal a comida está cara e o desperdício acaba pesando no orçamento. A dica é fazer um reaproveitamento do que sobrou e transformar em outra preparação.

Por isso, hoje eu vou ensinar a transformar aquele feijão que sobrou em um bolinho que fica incrível. Você pode utilizar qualquer tipo de feijão —eu utilizei o preto. Para dar liga, você pode usar a farinha que tem na sua casa —eu usei a de mandioca —, ou até a sobra da farofa, que vai deixar a receita ainda mais saborosa.

bolinho de feijão 2 - Léo Avesani - Léo Avesani
Imagem: Léo Avesani

Bolinho de feijão

Ingredientes

  • 2 xícaras (de chá) de grãos de feijão cozido (332 g)
  • 1/2 xícara (de chá) do caldo do feijão (se não tiver, utilize água)
  • 1 cebola (98 g)
  • 4 dentes de alho (14 g)
  • 2 colheres (de sopa) de farinha de mandioca (30 g)
  • 1/2 xícara (de chá) de cheiro-verde picado
  • 1 pitada de sal

Modo de preparo

  1. No processador, coloque todos os ingredientes, exceto o caldo do feijão. Vá adicionando o caldo aos poucos, até que o processador consiga bater tudo e formar uma massa homogênea. A quantidade de caldo vai depender muito de quão cozido está seu grão. Se por um acaso a massa ficar mole demais, é só colocar uma colher a mais de farinha;
  2. A forma mais fácil de fazer as bolinhas é com um pegador de sorvete pequeno, aqueles que tem uma alavanca que você aperta e a bolinha cai do pegador. A segunda maneira é usar uma colher de sopa medidora: encha ela e, com outra colher, você empurra o recheio para retirar a massa. Destas duas formas você garante que seus bolinhos fiquem do mesmo tamanho. A terceira forma seria fazer em um formato mais alongado, com a ajuda de duas colheres. Para isso, você precisa encher uma colher com a massa e vai raspando repetidamente de uma para a outra. Com esse movimento, o bolinho fica alongado, semelhante a um quibe, mas com três faces levemente encurvadas;
  3. Você pode fazer o bolinho no forno ou na air fryer, o que você preferir. Unte primeiro com um fio de azeite e só então coloque as bolinhas. Uma vez que todas as bolinhas estão na forma, é só levar para assar. No forno você deve assar a 220ºC por 30 minutos, virando as bolinhas na metade do tempo; e na air fryer, você assa por 20 minutos a 200ºC, não é preciso virar as bolinhas;
  4. O ideal é servir ainda quente para que a parte de fora fique sequinha e bem crocante, e por dentro macio e bem saboroso. Você pode acompanhar com molho de pimenta ou um ketchup temperado com cebola caramelizada.
bolinho de feijão 3 - Léo Avesani - Léo Avesani
Imagem: Léo Avesani

Validade: 4 dias na geladeira ou congele por 60 dias. Antes de servir, aqueça 5 minutos no forno ou 3 minutos na air fryer.

Tempo de Preparo: 40 minutos | Rendimento: 30 bolinhos

Informação nutricional por bolinho:

Valor calórico: 18 kcal | Proteína: 1 g | Gordura: 0,4 g | Carboidrato: 3 g | Fibras: 1 g