PUBLICIDADE

Topo

Verônica Laino

6 temperos para melhorar a digestão e reduzir os gases

iStock
Imagem: iStock
Verônica Laino

Verônica Laino é formada em nutrição pela USP (Universidade de São Paulo), pós-graduada em Nutrição Clínica e Esportiva Funcional e coach de emagrecimento. Trabalhou em clínica particular por sete anos e hoje dedica seu tempo aos seus coachees e a? produc?a?o de conteu?do online, mi?dias sociais e eventos, como forma de alcanc?ar cada vez mais pessoas e ajuda?-las a levar uma vida pra?tica, sauda?vel, balanceada e gostosa.

Colunista do UOL

22/12/2020 04h00

Toda vez que você se alimenta, sente desconforto? Alguns temperos podem ajudar na digestão e a eliminar os gases, que são um problema que incomodam muito!

Eles podem causar dores abdominais, desconfortos, além de deixar a região superinchada, o que deixa muitas pessoas insatisfeitas com sua imagem. Outro problema é que nem sempre você está em um ambiente que é possível soltar os gases e aliviar o desconforto, o que agrava ainda mais o problema.

Por isso hoje eu vou mostrar seis temperos que podem ajudá-lo a aliviar este mal-estar.

Cúrcuma - Madeleine_Steinbach/iStock - Madeleine_Steinbach/iStock
Cúrcuma
Imagem: Madeleine_Steinbach/iStock

Cúrcuma

Popularmente conhecida como açafrão-da-terra, é muito utilizada para dar cor aos pratos de uma forma natural e menos intensa do que o coloral. Aqui na minha coluna já falei dos seus benefícios e a diferença entre a cúrcuma que compramos a granel e a que é padronizada.

Ela ajuda a aumentar o bolo fecal, facilitando as idas ao banheiro e, com isso, reduzindo a formação dos gases.

Uma receita que fica incrível é a sopa de abóbora com cúrcuma:

  1. Em uma panela de pressão, refogue uma cebola e um dente de alho no azeite;
  2. Acrescente 500 g de abóbora picada, um litro d'água, uma pitada de sal e cozinhe na pressão por 10 minutos;
  3. Depois que sair a pressão, abra a panela, bata todo o conteúdo com um mixer e acrescente 1 colher (de sopa) de açafrão;
  4. Na hora de servir, você ainda pode dar um toque especial e adicionar iogurte natural e pimenta-do-reino a gosto.

Outra opção é utilizar a cúrcuma para fazer um shot energético para consumir pela manhã, ao acordar, ou até mesmo no pão de queijo caseiro, para substituir o seu pão do café da manhã.

Pimenta-do-reino - iStock - iStock
Pimenta-do-reino
Imagem: iStock

Pimenta-do-reino

Ela potencializa a absorção do açafrão-da-terra. No dia a dia é muito fácil de utilizá-la, pois realça o sabor dos alimentos, principalmente da carne vermelha. O ideal é sempre comprar na forma de grão e moer na hora (existem moedores próprios para isso e que são muito fáceis de usar), assim você consegue extrair todo aroma, sabor e benefícios da pimenta.

Uma sugestão é fazer um hambúrguer caseiro temperado com a pimenta-do-reino, para um jantar low carb.

gengibre - Adobe Stock - Adobe Stock
gengibre
Imagem: Adobe Stock

Gengibre e canela

Eles ajudam no processo de digestão, reduzindo a sensação de estômago pesado, mal-estar e estufamento. Você pode utilizar o gengibre ralado por cima da salada e a canela polvilhada por cima da fruta, ou ainda fazer um chá para consumir 60 minutos após o almoço.

Para fazer o chá é bem simples:

  1. Em uma panela pequena, coloque 300 ml de água e leve ao fogo alto; espere levantar fervura e coloque uma canela em pau. Tampe a panela e deixe cozinhar por 5 minutos;
  2. Enquanto cozinha, pegue um pedaço de gengibre pequeno e, com uma colher, raspe toda a casca. Corte a pontinha com uma faca e, na parte fina do ralador, rale até você conseguir o suficiente para uma colher de chá;
  3. Depois que a canela ferver, desligue o fogo, coloque o gengibre ralado, tampe e deixe descansar por três minutos. Coe e consuma em seguida.

Outra opção para essa dupla é fazer um pudim de chia com frutas laxativas como mamão, ameixa ou abacaxi, assim a sua primeira refeição do dia já auxilia no processo digestivo.

Alecrim - iStock - iStock
Alecrim
Imagem: iStock

Alecrim e hortelã

Esta dupla é indicada para aquelas pessoas que ficam com o estômago inchado após comer, com a sensação de que o alimento está parado no estômago —muitos chamam de "estômago alto". Essa dupla vai de temperos ajudar na digestão, melhorando esse sintoma de estufamento estomacal.

Uma boa pedida para o alecrim é colocá-lo por cima da batata assada. Fica uma delícia e superaromático. Quando for fazer sopas e guisados, utilize o talo com as folhas, colocando ele inteiro no preparo. Depois de pronto, basta retirar o talo.

Já hortelã fica incrível se utilizada por cima de uma salada feita com alface, rúcula, tomate-cereja, pepino e abobrinha. Outro prato frio que combina muito é a salada de feijão, ervilha ou grão-de-bico: tempere com azeite, suco de limão e as folhas de hortelã. Neste caso, a salada é uma forma de incluir as leguminosas em dias quentes.

Quem não curte salada sem molho, pode preparar um caseiro com iogurte natural integral, hortelã, azeite, sal e pimenta-do-reino. Essa mistura inclusive pode ser utilizada no lugar da maionese, para preparar um patê de atum ou de sardinha. Você também pode utilizar para fazer uma bebida com hortelã e pepino e servir principalmente neste período de festas.

Outra opção é fazer um chá com os dois:

  1. Em uma panela pequena, coloque 500 ml de água e deixe no fogo alto até levantar fervura;
  2. Enquanto isso, em um potinho, coloque 1/3 de xícara (de chá) de folhas de hortelã e 1/3 de xícara (de chá) de folhas de alecrim, macere bem por um minuto;
  3. Assim que a água ferver, desligue o fogo, coloque as folhas maceradas na panela, tampe e deixe descansar por 10 minutos;
  4. Depois disso, pegue um bule, apoie uma peneira, coe todo o conteúdo da panela e seu chá está pronto. Essa receita rende duas porções. Depois de pronto, consuma em até oito horas.