PUBLICIDADE

Topo

Paola Machado

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Você é um eterno iniciante na prática esportiva? Saiba como mudar isso

iStock
Imagem: iStock
Paola Machado

Paola Machado é formada em educação física, mestre em ciências da saúde (foco em fisiologia do exercício e imunologia) e doutora em ciências da saúde (foco em fisiopatologia da obesidade e fisiologia da nutrição) pela Unifesp (Universidade Federal de São Paulo). Atualmente, atua como pesquisadora, desenvolvendo trabalhos científicos sobre exercícios, nutrição e saúde. CREF: 080213-G | SP

Colunista do UOL

18/03/2021 04h00

É muito comum as pessoas serem influenciadas por práticas de estilo de vida —seja alimentação ou exercício— que funcionaram para um conhecido, porém, não é o que de fato o que quer fazer e acredita.

Hoje, com a internet, há inúmeras opções de modalidades. Parece até um menu de restaurante —já perceberam que quando vamos a um restaurante, sem uma programação, escolhemos pela vontade e não pelo que de fato precisamos?

Então, precisamos saber lidar com o leque de opções e escolher para colher os benefícios dos exercícios.

Um exemplo simples é quando ingressamos na academia e tem aquela grade imensa de aulas. Você está tão empolgado que faz todo dia uma aula nova. Um dia Zumba, no outro spinning, no outro aula de pump, jump e assim vai. Porém, já pensou que para evoluir é necessário iniciar e repetir?

Um ponto é falarmos de gasto calórico, outro ponto é da evolução de uma modalidade. Você quer sempre ser um iniciante naquela modalidade?

Exercício com o qual se identifique

Assim que você inicia academia ou um treino em casa, por exemplo, você precisa começar e experimentar. É normal. Para sabermos se gostamos ou não e se o treino é para mim ou não, precisa testar.

Por isso, o primeiro ponto é encontrar uma modalidade com a qual se identifique, que você goste —pelo menos um pouco— de fazer e que se imagina treinando, pelo menos, durante um ano 3 vezes por semana.

Quando encontramos um exercício de acordo com a nossa identidade, fica mais fácil ter motivação para treinar, pois focamos no que gostamos e também no resultado —que com certeza existirá, já que você estará engajado.

Para evoluir é necessário começar e continuar

Ficar pulando de modalidade em modalidade te fará um eterno iniciante. O que é importante? Que você se encontre em uma modalidade e progrida, evolua, melhorando intensidade/volume/carga, focando na execução/aprimoramento e sempre em um desafio a mais.

Isso te incentivará.

Quem faz musculação sabe que demais é começar com 2 quilos de peso para um bíceps e chegar a 10, 15, 20. O mesmo quem corre, que não tem fôlego para 200 metros no começo e, pela persistência, começa a correr 10 km.

Em todas as modalidades conseguimos ir do iniciante ao avançado. Com certeza trabalhando com esses pontos você evoluirá cada vez mais e, o mais importante, vai parar de falar que "não está tendo resultados".

Uma vez que você foca em uma modalidade e progride, os resultados aparecem de forma mais consistente e você consegue planejar seu estilo de vida de forma efetiva.

Tenha foco e determinação

Arnold Schwarzenegger não chegou onde chegou de um dia para o outro. É necessário empenho, foco, determinação e dedicação.

Nenhum dia é igual, mas, para evoluirmos, temos que romper as barreiras, tentar sempre cada dia um pouco mais. Por isso, comece, tente, tenha foco e seja determinado em busca da sua rotina.

Estabeleça-a como parte de sua agenda, de uma rotina de treinamento, como um compromisso inadiável —você com certeza seguirá seu roteiro.

Planeje seu treino, estabeleça metas intermediárias pequenas —e progressivas— e, nesse planejamento, coloque seu objetivo final como a sua grande estrela.

Planejando pequenos passos, seu grande resultado chegará de forma bem mais fácil.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL