PUBLICIDADE

Topo

Larissa Cassiano

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Doula: saiba o que ela faz e quais os benefícios para a gestante em tê-la

iStock
Imagem: iStock
Conteúdo exclusivo para assinantes
Larissa Cassiano

Larissa Cassiano é médica ginecologista e obstetra, especializada em gestação de alto risco pela USP (Universidade de São Paulo). Fez residência médica na Maternidade de Vila Nova Cachoeirinha (SP), uma das maiores do Brasil, referência em parto humanizado no SUS e em gestação de alto risco.

Colunista do UOL

18/05/2022 04h00

Ao longo dos anos, as doulas foram ganhando espaço e relevância no cenário do parto. O termo surgiu para definir a mulher que acolhia a pessoa em trabalho de parto dando suporte, amparo, acolhimento, encorajamento e depois do parto retornava ou permanecia ajudando nos primeiros momentos.

Com o passar dos anos, os partos deixaram de ser domiciliares e passaram a ter o ambiente hospitalar como seu cenário principal, assim o trabalho da doula se adaptou e esse acompanhamento e ganhou um novo formato.

As doulas passam por uma formação específica que envolve a gestação, parto e pós-parto com a capacidade de dar suporte emocional e físico. Com reconhecimento pelo Ministério do Trabalho e com resoluções que em muitas localidades incentivam a sua presença no parto.

Vale ressaltar que doulas não são parteiras e não possuem esse tipo de formação, ou seja, não acompanham o parto de forma ativa, não realizam exame ginecológico nem dão condutas clínicas, cada profissional no cenário de parto tem sua função específica e em equipes bem treinadas, nenhum profissional será impeditivo para a presença do outro.

Hoje no Brasil é possível receber o acompanhamento de doulas em diversos serviços tanto públicos quanto privados. Quem opta pela contratação particular terá a possibilidade da prestação de serviço de diversas formas e momentos, seja durante o pré-natal, chá de bênçãos no fim da gestação, cursos educativos, acompanhamento de parto e pós-parto.

Conversei com a doula Bárbara Berdine, que respondeu a algumas das principais dúvidas sobre o acompanhamento dela:

Como é realizada formação para doula?
A formação da doula é feita através de cursos livres ministrados por doulas experientes e que podem ter profissionais de outras áreas oferecendo conhecimentos complementares. Não é preciso ter nenhuma formação anterior antes de realizar o curso.

Quando a pessoa gestante deve procurar a doula?
O ideal é que a gestante busque uma doula assim que iniciar o pré-natal, pois quanto antes a preparação começar, mais benefícios para a família.

Quais são as atribuições da doula?
A doula é a profissional que prepara a família através da educação perinatal, oferece suporte físico e emocional no parto e auxilia no pós-parto.

Quais os benefícios de ter uma doula durante a gestação?
Os estudos mostram vários benefícios de ter uma doula, entre eles: aumento da satisfação da mulher, trabalhos de parto mais rápidos, menos pedidos de analgesia, menos necessidade de cesárea, maior sucesso na amamentação e redução do risco de depressão pós-parto.

Em alguns cenários mais críticos de gestação de alto risco, cesárea agendada por algum motivo, algumas pessoas podem questionar a presença da doula, mas Rochelle Virmond, naturóloga e doula pós-parto, destaca que o papel da doula na cesárea é importante no suporte e ajuda emocional à mulher, que muitas vezes está nervosa, ansiosa ou acaba se frustrando por ter se preparado tanto para o parto fisiológico e acabar em uma cesárea.

Depois de ler o texto se você se inspira e deseja procura uma doula, Rochele dá dicas de como encontrá-la: "Converse com algumas, peça indicação, olhe as redes sociais, mas escolha aquela doula que você mais se identificou e que gerou uma conexão. A doula vai estar ao seu lado em um dos momentos mais importantes da sua vida, então que seja uma pessoa especial para você."

Como em tudo relacionado ao parto e à gestação, a doula deve ser uma escolha consciente após muita informação, pois cada parto é único e cada profissional envolvido neste momento pode fazer toda a diferença.

Gostou deste texto? Dúvidas, comentários, críticas e sugestões podem ser enviadas para: dralarissacassiano@uol.com.br.