PUBLICIDADE

Topo

Guilherme Giorelli

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Suplementação com creatina na síndrome de fadiga pós-viral

Guilherme Giorelli

Guilherme Giorelli é nutrólogo e médico do esporte e exercício. Fellow do International College for Advancement of Nutrology e com mestrado em vitamina D, ele organiza eventos científicos, além de ministrar aulas e palestras. Atualmente é diretor do SMEERJ (Sociedade de Medicina Esportiva e do Exercicio do Rio de Janeiro). Seu dia a dia, porém, é o atendimento de pacientes em sua clínica, que buscam cuidar da saúde por meio da alimentação e do exercício.

Colunista do UOL

15/05/2021 09h26

Um estudo publicado em fevereiro deste ano no periódico Nutrients avaliou o papel da creatina na síndrome de fadiga pós-viral. A substância, além de fornecer energia, age no sistema nervoso e, portanto, poderia ser benéfica para os casos de cansaço crônico após uma infecção por vírus. No vídeo acima, eu explico melhor sobre os impactos da creatina nessa doença.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL