PUBLICIDADE

Topo

Fernando Guerreiro

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

6 estratégias para desintoxicar a sua mente e treinar melhor

iStock
Imagem: iStock
só para assinantes
Fernando Guerreiro

Fernando Guerreiro é formado em educação física e especializado em treinamento funcional. Atleta amador, já completou ultramaratonas e triatlos, e é também head coach da We Move Brasil, equipe de treino especializada em desenvolver um estilo de vida saudável e transformador.

Colunista de VivaBem

30/05/2022 04h00

Nos dias de hoje, vivemos com a mente intoxicada e "infoxicada" —sobrecarregada de informações e de situações que nos afetam emocionalmente. Isso prejudica a concentração e a disciplina para executar os treinos, o que gera rotas de fuga e falta de motivação. Consequentemente, você não consegue fazer o melhor e seus resultados são prejudicados.

Eu, como muitos aqui, preciso encarar uma rotina que exige grande esforço. Além de atleta amador, sou empresário, pai, marido e toco alguns projetos extras. Tem dias que parece que a energia física não será suficiente, e é aí que alguns detalhes fazem toda a diferença.

Hoje, quero compartilhar alguns hábitos que tenho trabalhado ao longo da minha jornada. Cada um deles tem me ajudado a conquistar meus objetivos. Meus treinos têm cada vez mais constância e determinação, meus resultados de competições são cada vez mais satisfatório e hoje vivo a melhor fase na minha performance física.

1 - Descanse sua mente Muitas vezes, focamos mais no descanso do corpo, mas a mente continua em atividade. Hoje, existe um movimento em que se trabalha no descanso, ou seja, a mente é bombardeada de informações no momento em que deveria relaxar. Aí, na hora que ela precisa trabalhar, existe o desejo de descansar a mente, o que rouba toda a concentração, produtividade e eficiência (do trabalho ou dos treinos). O descanso é diferente de se recuperar do cansaço. É desfrutar do que foi construído e apreciar com contentamento, se preparando para a próxima sessão.

2 - Desconfie da sua mente A tendência humana é acreditar no que a mente traz como realidade. Porém, nossa mente não é confiável, ela busca a zona de conforto ou o "piloto automático" o tempo todo. Então, questione sobre o que você sente. Um exemplo clássico é quando você pensa em treinar e surgem dezenas de desculpas para não fazer isso. Questione por que você não quer fazer o que deveria ser feito. Com o tempo, as desculpas se tornarão verdades se você não se questionar.

3 - Desarme sua mente Sempre que perceber sentimentos danosos, que podem afastar você do seu objetivo, seja rápido para quebrar esse estímulo. Faça escolhas sábias e que estão de acordo com seus objetivos. Afaste-se do prazer momentâneo e pense no longo prazo, onde você merece estar e como você merece viver. Desapegue-se desse sentimento de procrastinação e prazer momentâneo. Quando você identifica que existe um sentimento e coloca sua energia pensando que você não pode sentir isso, você expandirá mais esse sentimento. Não brigue contra esses estímulos.

4 - Direcione sua mente Você não consegue eliminar um pensamento, mas você consegue direcionar seus pensamentos. Navegue no sentimento dos benefícios de fazer o que deve ser feito: controlar sua alimentação, cuidar da sua saúde, exercitar o seu corpo. Quando você traz os benefícios para o jogo, seus pensamentos começarão a expandir o desejo por esses benefícios.

5 - Seja grato pela oportunidade de se cuidar, de se exercitar, de escolher o que colocar no seu prato. Olhar para uma vida saudável com gratidão (por poder ter uma vida mais longa e produtiva), fará com você deseje ainda mais fazer boas escolhas todos os dias.

6 - Tenha empatia com você mesmo Nesse processo de desintoxicar sua mente e obter melhores resultados no seu treino, você vai falhar. E está tudo bem, faz parte da construção e do aprendizado. Quando fracassar não se condene nem jogue tudo para o alto. Em vez de desistir, retome o processo com mais foco e determinação.

Exercendo esses passos eu me conheci melhor e me descobri muito mais forte do que pensava. Aprendi a dosar e direcionar minha energia, consegui trazer muita clareza para os meus passos práticos diários entre treinos, alimentação e descanso.