PUBLICIDADE

Topo

Fernando Guerreiro

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Você está sofrendo com o estresse? Vá treinar! 

iStock
Imagem: iStock
Conteúdo exclusivo para assinantes
Fernando Guerreiro

Fernando Guerreiro é formado em educação física e especializado em treinamento funcional. Atleta amador, já completou ultramaratonas e triatlos, e é também head coach da We Move Brasil, equipe de treino especializada em desenvolver um estilo de vida saudável e transformador.

Colunista do VivaBem

25/09/2021 04h00

Sabia que se exercitar diariamente por pelo menos 15 minutos pode diminuir o estresse e os sintomas associados a esse problema, como insônia, irritabilidade, dores e tensão no corpo, agitação, roer unhas, boca seca, diarreia, batimentos cardíacos acelerados, respiração ofegante e aumento da pressão sanguínea?

O exercício físico tem esse poder pois estimula a liberação de neurotransmissores e hormônios que ajudam a relaxar, melhoram o humor e promovem bem-estar.

E, para você absorver esses benefícios, já de início vou desmistificar a questão de que é preciso morrer no treino para ele valer a pena. Esse conceito mais afasta pessoas do exercício do que aproxima. O que os estudos mostram é que a atividade física de baixa intensidade, ou seja, até uma caminhada, pode diminuir o estresse.

Enquanto você está movimentando seu corpo, uma chuva bioquímica está acontecendo no seu organismo. O cortisol, popularmente chamado de hormônio do estresse, vai dando espaço na corrente sanguínea para a endorfina, a serotonina e outras substâncias que geram aquela sensação de prazer e euforia que vem após o treino.

Além de toda essa questão hormonal, o exercício é eficiente para aliviar a tensão pois durante algum tempo tira seu foco daquilo que estava gerando o estresse (você não pensa no relatório que tem que entregar enquanto está jogando basquete, por exemplo), mudando o ambiente e gerando novas conexões externas e internas. Outra coisa é a sua respiração, que se torna muito mais consciente enquanto se exercita, isso gera mais oxigenação no cérebro, permitindo que a mente expanda.

Portanto, encontre uma atividade física que você se conecte por inteiro no momento presente, sinta prazer ao praticá-la e desfrute da liberdade no corpo e nos sentimentos.

Por mais simples que pareça, experimente isso!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL