PUBLICIDADE

Topo

André Souza

E esse cabelo branco aí?

iStock
Imagem: iStock
André Souza

André Souza é neurocientista e pós-doutorado em psicologia cognitiva pela Universidade do Texas em Austin (EUA). Atuou como professor visitante e pesquisador de pós-doutorado no Departamento de Psicologia da Universidade Concordia em Montréal (Canadá) e no Departamento de Psicologia da Universidade do Texas em Austin

Colunista do UOL

25/09/2020 13h11

Todos nós envelhecemos. Não tem como escapar. Para algumas pessoas, um dos primeiros sinais que aparecem quando começam a ficar mais velhas é o cabelo branco. Mas por que a gente fica com cabelo branco quando envelhecemos? Como acontece isso no nosso corpo?

Pra entender isso, vamos entender primeiro como funciona pro nosso cabelo ter a cor que tem.

A cor natural do nosso cabelo

O nosso cabelo sai de buraquinhos bem pequenininhos que temos no corpo todo (e, obviamente, muitos na nossa cabeça) chamado folículo piloso. Dentro desse buraquinho tem células chamadas melanócitos. Elas são as pintoras do nosso corpo. Essas células produzem uma substância chamada melanina. Essa melanina é como se fosse uma tinta. E ela tem cor. O que determina essa cor são vários fatores, incluindo genéticos. Mas isso não é importante aqui. O que é importante é saber que algumas dessas tintas são escuras e outras são claras. E é essa melanina, na verdade, que define a cor da nossa pele, a cor dos nossos olhos e, claro, a cor do nosso cabelo.

Quando o cabelo começa a crescer (ainda dentro desse buraquinho), esses melanócitos começam a produzir essa "tinta" chamada melanina e começam a injetar essa tinta nas células do cabelo. É por isso que quando o cabelo sai desse buraquinho, ele já sai com a cor que os melanócitos deram pra ele.

Mas nem tudo são flores. Com o tempo (e com a idade), a quantidade de melanócitos dentro desses buraquinhos vai diminuindo. Consequentemente há uma produção menor dessa "tinta" que dá a cor ao nosso cabelo. Daí o cabelo começa a crescer e não tem muita melanina sendo injetada nele. Como consequência, ele sai do buraquinho sem cor.

Nossa água oxigenada

E tem um outro fator que pode influenciar também na cor do nosso cabelo. Alguns estudos científicos mostraram que dentro desses buraquinhos de onde sai o cabelo existe uma quantidade pequena de peróxido de hidrogênio. Você sabe o que é isso? É a substância carinhosamente conhecida por nós como "água oxigenada". Se você já descoloriu o seu cabelo alguma vez, você sabe do que eu estou falando. A água oxigenada bloqueia a ação da melanina e o seu cabelo vai sair do buraquinho sem cor.

O nosso corpo tem um mecanismo para controlar a quantidade de peróxido de hidrogênio no buraquinho de onde o cabelo sai. Existe uma substância chamada catalase que pega esse peróxido de hidrogênio e quebra ele todo para ela não bloquear a coloração da melanina. Mas com a idade, produzimos menos e menos catalase, o que faz com que a quantidade de peróxido de hidrogênio seja grande no buraquinho de onde sai o cabelo. Isso por sua vez bloqueia a ação da melanina, o que por sua vez faz seu cabelo ficar branquinho que nem o do Cid Moreira.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.