Suga açúcar do sangue, emagrece e aumenta imunidade: os benefícios do pêssego à saúde

Por Samantha Cerquetani

Originário da China, o pêssego é uma fruta de casca aveludada, pertencente aos frutos de caroço, com polpa suculenta envolvendo uma grande semente.

iStock

Riquíssimo em antioxidantes, vitaminas A e C, além de minerais como cálcio, ferro e magnésio, o pêssego também contém abundante água, fibras e carboidratos.

Carol Gherardi/UOL

Com apenas 39 kcal em 100g, o pêssego é uma opção pouco calórica, tornando-se ideal para lanches entre refeições.

iStock

Benefícios para o Funcionamento Intestinal: A presença de água e fibras no pêssego contribui para o bom funcionamento do intestino, reduzindo os riscos de prisão de ventre.

iStock

Fortalecimento da Imunidade com Vitamina C: O consumo regular de pêssegos aumenta a imunidade devido à vitamina C, fortalecendo o organismo contra resfriados e estimulando a produção de anticorpos.

iStock

Contribuição para a Saúde Ocular com Vitamina A: A vitamina A presente no pêssego contribui para uma visão saudável, prevenindo condições como xeroftalmia e mantendo a retina.

iStock

Efeito Benéfico na Pele: Antioxidantes, beta-caroteno e vitaminas A e C no pêssego proporcionam uma pele saudável, protegendo contra danos solares, melhorando a elasticidade e prevenindo o envelhecimento precoce.

iStock

Redução de Riscos Cardiovasculares: Rico em potássio e polifenóis antioxidantes, o pêssego auxilia na manutenção da pressão arterial e está associado a menor incidência de doenças cardiovasculares.

iStock

Sensação de Saciedade e Controle de Peso: A quantidade de fibras e a mastigação prolongada do pêssego aumentam a sensação de saciedade, auxiliando no controle do peso e na redução do consumo de alimentos.

iStock

Opção Saudável para Diabéticos: Com baixa caloria, antioxidantes, fibras e vitamina C, o pêssego é uma escolha saudável para diabéticos, controlando a glicemia.

iStock

Benefícios na Gestação: Ácido fólico e fibras presentes no pêssego são cruciais para gestantes, contribuindo para a formação do sistema nervoso do bebê e auxiliando no funcionamento intestinal.

iStock

Ação Anti-Inflamatória: Com compostos bioativos como carotenoides, o pêssego exibe propriedades anti-inflamatórias, reduzindo o risco de doenças crônicas não-transmissíveis.

iStock

Estudo sobre Potencial Anticâncer: Pesquisas indicam que substâncias do pêssego podem inibir o crescimento de células cancerosas, reduzindo o risco de metástase, principalmente em câncer de mama.

iStock

Diversas Formas de Consumo: In natura, com casca, é a melhor forma de aproveitar os nutrientes do pêssego. Pode ser incorporado em tortas, bolos, sucos, vitaminas e diversas receitas, sendo essencial escolher frutas firmes na hora da compra.

Divulgação

Para mais informações, acesse VivaBem.

iStock
Publicado em 26 de dezembro de 2023.