Suga açúcar do sangue, abaixa pressão e reduz colesterol: os benefícios da mandioca à saúde

Por Samantha Cerquetani

A mandioca é nativa da América do Sul, cultivada desde a antiguidade. É também conhecida como macaxeira ou aipim em algumas regiões do Brasil.

Ribeiro Rocha/Getty Images/iStockphoto

Alimento energético crucial para mais de 700 milhões de pessoas, especialmente em países em desenvolvimento, combatendo a fome.

Daniel Dan/Pexels

Rico em cálcio, magnésio, fósforo, potássio e vitamina C, além de ser uma fonte significativa de calorias e carboidratos.

Getty Images/iStockphoto

Amido Resistente: Contribui para melhorar a digestão, alimentando bactérias benéficas no intestino e fortalecendo o sistema imunológico.

iStock

Saúde Cardiovascular: A presença de potássio e fibras ajuda a regular a pressão arterial e reduzir os níveis de colesterol, promovendo um coração saudável.

iStock

Combate a Artrite: Contém polifenóis e saponinas, substâncias anti-inflamatórias que ajudam a aliviar os sintomas da artrite.

iStock

Benefícios para Diabéticos: O amido resistente auxilia no controle do peso e na regulação dos níveis de glicose no sangue.

iStock

Energia para Exercícios: Excelente fonte de energia, contribuindo para atividades físicas de alta intensidade.

Getty Images

Fortalece o Sistema Imunológico: Rica em vitamina C e folato, fortalecendo a produção de glóbulos brancos e contribuindo para o sistema imunológico.

iStock

Melhora o Humor: Eleva os níveis de serotonina, neurotransmissor associado ao prazer e bem-estar.

iStock

Cuidados com a Pele: Beneficia a pele devido aos polifenóis, especialmente o resveratrol, que combate os radicais livres.

iStock

Recomendada para Gestantes: Consumo moderado durante a gravidez fornece folatos essenciais para a formação do tubo neural do feto.

iStock

Moderação na Dieta: Embora rica em carboidratos, seu consumo moderado é recomendado, substituindo outras fontes.

Fernando Moraes/UOL

Formas de Consumo: Versátil, pode ser consumida cozida, em receitas doces ou salgadas, em forma de farinha, tapioca, e em pratos tradicionais como "vaca atolada".

Churrasqueadas

Para mais informações e dicas de saúde como essa, acesse VivaBem.

Daniel Dan/Pexels
Publicado em 14 de dezembro de 2023.