Suga açúcar do sangue, absorve gordura e emagrece: os benefícios da pitaya à saúde

Por Cristina Almeida

A pitaya, atualmente em destaque, tornou-se uma escolha popular em receitas e dietas para uma alimentação mais saudável.

Roman Odinstov/Pexels

Podendo ser ingerida de várias formas, a pitaya é conhecida por seu sabor suave e levemente adocicado, sendo uma adição versátil a diferentes preparações.

Allec Gomes/Pexels

Nutricionistas destacam a importância de cores vibrantes no prato para garantir uma dieta saudável, e a pitaya, com sua intensa cor, contribui para a ingestão de nutrientes essenciais.

Sofía Nuñez/Pexels

Originária do México e cultivada globalmente, a pitaya, também chamada de fruta do dragão devido à sua forma, é apreciada não apenas pelos seus benefícios nutricionais, mas também pela beleza ornamental de suas flores.

Jess Loiterton/Pexels

A pitaya é única, pois todo o seu caule pode ser aproveitado. Além disso, seus nutrientes a tornam uma aliada potencial na prevenção de diversas doenças.

Anastasia Belousova/Pexels

Estudos indicam que a pitaya pode ter efeitos benéficos, como a redução do colesterol...

iStock

... o controle glicêmico...

iStock

... a prevenção do câncer colorretal...

iStock

... e o fortalecimento dos rins, ossos, funções cerebrais e da saúde ocular.

iStock

Recomendada por nutrólogos, a pitaya, devido às suas baixas calorias e benefícios, é uma opção para dietas balanceadas, especialmente para quem busca perder peso.

iStock

Além de ser altamente hidratante, a pitaya, com boa proporção de ferro, contribui para melhorar os níveis de hemoglobina e glóbulos vermelhos, auxiliando no combate à anemia.

iStock

As sementes da pitaya produzem um óleo rico em ômegas 3 e 6, funcionando como um probiótico natural e contribuindo para a saúde cardiovascular, cerebral e celular.

iStock

A casca da pitaya é rica em pectina e betalaína, usadas como espessantes naturais e pigmentos antioxidantes. O cladódio, semelhante a um caule, é rico em vitamina C e pode ser benéfico na prevenção de doenças.

Jeffry Surianto/Pexels

Cultivada no Brasil há 20 anos, a pitaya possui propriedades nutricionais que geraram interesse, levando à pesquisa para melhoramento genético visando variedades mais produtivas e doces.

iStock

Quer saber mais informações sobre a pitaya? Acesse VivaBem.

Michal Rosak/Pexels
Publicado em 29 de novembro de 2023.