Desinflama, elimina líquido e imuniza: os benefícios do chuchu à saúde

Por Cecilia Felippe Nery

Chuchu é um fruto versátil, barato e fácil de encontrar, sendo uma opção saudável para refeições.

iStock

Sua origem remonta ao México, onde era cultivado pelos astecas, sendo conhecido como chayotl.

iStock

Pertencente à família das cucurbitáceas, assim como o pepino e a abóbora, o chuchu é encontrado em todo o mundo.

iStock

Na culinária mexicana e da América Central, todas as partes da planta são consumidas, desde as raízes até as folhas.

Getty Images/iStockphoto

A composição nutricional do chuchu varia de acordo com fatores como clima, região e métodos de processamento.

Getty Images

Rico em potássio, o chuchu contribui para a regulação da pressão arterial.

iStock

Auxilia na saúde do coração, prevenindo arteriosclerose, problemas cardiovasculares e controlando o colesterol.

iStock

Com baixo valor calórico e alto teor de água, o chuchu é utilizado em dietas para manutenção do peso.

iStock

Contribui para a prevenção do envelhecimento devido à presença de antioxidantes como a vitamina C.

iStock

Possui propriedades digestivas e é leve, facilitando a digestão e agindo como diurético e hidratante.

iStock

Beneficia a saúde dos rins devido à quantidade significativa de potássio.

iStock

Reforça a imunidade, sendo um anti-inflamatório natural graças à presença de vitamina C e zinco.

iStock

Pode ser consumido cru, preferencialmente ralado, ou preparado de diversas formas, como assado, cozido e refogado.

iStock

Para mais informações, acesse VivaBem.

iStock
Publicado em 18 de janeiro de 2024.