BENEFÍCIOS DA VAGEM À SAÚDE: Emagrece e suga açúcar do sangue

Por Samantha Cerquetani

A vagem, colhida ainda verde, pertencente à família do feijão, é rica em fibras, cálcio, magnésio, fósforo, potássio, ácido fólico e vitaminas A, C, K, B2 e B5.

Reprodução/Ministério da Saúde

Aliada ao Controle de Peso: Com alta quantidade de água e fibras, a vagem promove saciedade, contribuindo para o controle do peso, sendo um alimento de baixa caloria.

iStock

Reforça a Imunidade: As vitaminas C e A presentes na vagem fortalecem o sistema imunológico, promovendo a integridade das mucosas e atuando na produção de células de defesa.

iStock

Benefícios para a Visão: Rico em betacaroteno, a vagem auxilia na saúde ocular, prevenindo problemas como a degeneração da córnea e deficiências na produção de lágrimas.

iStock

Impacto Positivo no Humor: Com nutrientes como magnésio, ácido fólico e vitaminas do complexo B, a vagem contribui para a produção de serotonina, neurotransmissor associado ao bem-estar.

iStock

Prevenção da Constipação: Graças às fibras alimentares, a vagem melhora os movimentos intestinais, combatendo a prisão de ventre e facilitando a eliminação das fezes.

iStock

Controle da Glicemia: Com baixo teor de carboidratos e presença de fibras, a vagem auxilia no controle do açúcar no sangue, sendo benéfica para pessoas com diabetes.

iStock

Com 18,7 mcg de ácido fólico em 100 g, a vagem contribui para prevenir anemia, parto prematuro e depressão pós-parto, além de ser vital para o desenvolvimento do bebê.

iStock

Fortalecimento dos Ossos: Com vitamina K e cálcio, a vagem fortalece os ossos, prevenindo condições como a osteoporose.

iStock

A vagem pode ser preparada de diversas formas, como refogada, grelhada, em saladas, tortas, sopas, ou acompanhando carnes, frango, peixe e massas.

iStock

Cuidados na Preparação: Evitar excesso de óleos, gorduras e sal ao preparar a vagem é essencial para preservar seus benefícios. Cozinhar no vapor é uma opção saudável.

iStock

Indivíduos com problemas renais devem consumir vagem com moderação devido ao teor de potássio, que pode ser prejudicial para rins comprometidos.

iStock

Atenção para Síndrome do Intestino Irritável: Pessoas com síndrome do intestino irritável ou doença inflamatória intestinal podem experimentar desconfortos abdominais ou gases após consumir alimentos fermentáveis, como a vagem.

iStock

Para mais informações e dicas de saúde como essa, acesse VivaBem.

iStock
Publicado em 07 de dezembro de 2023.