Topo

Viagem


Árvore de Natal do Rockefeller Center encanta desde 1933; veja curiosidades

Árvore de Natal do Rockefeller Center, em Nova York, nos EUA - iStock
Árvore de Natal do Rockefeller Center, em Nova York, nos EUA Imagem: iStock

Do UOL

13/11/2019 16h09

Você pode até não conhecer Nova York, nos EUA, mas já deve ter visto a árvore do Rockefeller Center, um dos símbolos de Natal mais famosos do mundo. É aos pés dela, por exemplo, que o personagem de Macaulay Culkin reencontra a mãe no clássico natalino "Esqueceram de Mim 2".

No coração de um dos complexos de edifícios em Manhattan e em frente à famosa pista de patinação de gelo ela é um marco importante da data comemorativa e atrai milhares de turistas.

A magia do local é tamanha que, todos os anos, a cerimônia de iluminação da árvore é transmitida pela emissora NBC - em 2019, ela será realizada no dia 4 de dezembro, mas quem quiser ver de pertinho terá oportunidade até 17 de janeiro.

Confira algumas curiosidades que mantém o encanto da árvore natalina de 1933 até hoje:

História

iStock
Imagem: iStock

A primeira árvore, que tinha pouco mais de 6 metros de altura, foi erguida e decorada com cordas coloridas, guirlandas de papel e latas por trabalhadores da época da Grande Depressão, em 1931.

Somente dois anos depois, em 1933, é que foi considerada oficial e sua iluminação tornou-se evento anual.

Espécie

iStock
Imagem: iStock

As árvores são abetos (coníferas da família pinaceae, originárias da Europa) e costumam ser doações.

Todos os anos, são feitas buscas aéreas de helicóptero pelo exemplar perfeito, que deve ser denso o suficiente para comportar todos os enfeites e curto para caber no transporte até o local.

Esse trabalho de procura pela árvore de Natal era feito por David Murbach, falecido gerente do Rockfeller Center, por lugares como Connecticut, Ohio, Vermont, New Jersey e até Ottawa, no Canadá. Atualmente, elas são observadas pelo jardineiro do complexo em Manhattan, Erik Pauze.

A logística

iStock
Imagem: iStock

Hoje, a árvore costuma ter até 30 metros de altura aproximadamente. O abeto deste ano tem entre 70 e 75 anos, quase 24 metros, pesa cerca de 14 toneladas e veio da Flórida.

Aviões, barcos e caminhões já foram utilizados para transportar as árvores até o Rockfeller Center. O deslocamento, geralmente, é feito no período da noite quando as ruas estão mais vazias.

Verdadeira fortuna

iStock
Imagem: iStock

A brilhante estrela da árvore é a mesma desde 2004 e é uma joia valiosíssima.

Ela é feita com 25 mil cristais Swarovski, pesa 250 quilos, tem 720 lâmpadas LED, 44 placas de circuito e mais de 900 metros de fios. Seu valor estimado é de US$ 1,5 milhão (aproximadamente R$ 6,3 milhões).

Preocupação com o meio ambiente

Árvore de Natal do Rockefeller Center, em Nova York, nos EUA - iStock
Árvore de Natal do Rockefeller Center, em Nova York, nos EUA
Imagem: iStock

Desde 2007, a instalação da famosa árvore está tomando medidas mais sustentáveis com luzes em LED alimentadas por painéis solares. E após o uso durante o Natal, a madeira do tronco é reaproveitada na construção de casas pela ONG Habitat for Humanity.

Viagem