Topo

Viagem

Roteiros internacionais


Dólar a R$ 4? Veja passeios gratuitos para fazer em grandes cidades dos EUA

Marcel Vincenti

Colaboração para o UOL

24/09/2019 04h00

Com o dólar custando mais do que R$ 4, muita gente deve ter desistido de realizar uma viagem para os Estados Unidos em breve. E, com a moeda brasileira desvalorizada, uma jornada para a terra do Tio Sam tem tudo para ser uma empreitada bem cara.

Há, porém, uma boa notícia: nas principais cidades norte-americanas, existem diversos atrativos turísticos que são gratuitos, possibilitando que o público realize lindos passeios e, ao mesmo tempo, economize seu suado dinheirinho.

A seguir, conheça alguns destes locais (todos eles têm entrada gratuita, mas, para chegar até eles, você pode ter que gastar com transporte).

Nova York

Getty Images
Imagem: Getty Images

Majoritariamente plana, Nova York é uma cidade perfeita para ser explorada a pé. Se você tiver energia, gaste o mínimo de dinheiro possível com passagens de metrô ou corridas de táxi e passe os dias caminhando pelas paisagens incríveis de Manhattan, Brooklyn e afins.

No roteiro, não faltarão atrativos de entrada gratuita, como o Central Park (a mais famosa área verde da Big Apple, na foto) e o High Line Park, um jardim suspenso que ocupa o espaço de uma antiga linha ferroviária na região de West Side, em Manhattan, passando entre edifícios e oferecendo canteiros, banquinhos para um descanso e ótimos ângulos para admirar a cidade.

Para mais visões panorâmicas de Nova York, vá até o Brooklyn Bridge Park, localizado à sombra da ponte Brooklyn Bridge e com vista para o East River e os arranha-céus de Manhattan.

E você sabia que a Big Apple tem praias? Uma delas é a Rockaway Beach, localizada na região do Queens. Em dias cálidos, o lugar costuma ficar lotado de gente, em um ambiente bem divertido. É possível chegar até a região da praia com um ferry que sai de Lower Manhattan.

Los Angeles

miroslav_1/Getty Images
Imagem: miroslav_1/Getty Images

Los Angeles é um centro urbano difícil de ser explorado a pé.

Mas há lugares na metrópole californiana e em seus arredores que rendem lindas caminhadas, durante as quais o turista pode admirar cenários para lá de interessantes sem pagar nada.

Ao visitar o destino, reserve um dia para explorar a orla onde se localizam Santa Monica (na foto) e Venice Beach: percorra o calçadão entre estas duas localidades, que se estende junto à areia do litoral e surpreende com os seus contrastes.

Santa Monica é uma área mais elegante, marcada por um colorido píer coroado por uma roda-gigante. Venice Beach, por sua vez, ainda preserva um certo clima hippie dos anos 60, com músicos tocando na calçada e pintores exibindo suas obras para os turistas.

Outro cartão-postal gratuito é a Calçada da Fama, em Hollywood. Pode ser um pouco estressante enfrentar a multidão que se aglomera na área, mas andar sobre as estrelas com nomes de celebridades do mundo pop é um passeio imperdível (e gratuito) em Los Angeles.

E se a vontade for admirar a cidade do alto, vá até o Griffith Park, onde existe uma área chamada Cathy's Corner, repleta de mirantes para as paisagens locais .

Além disso, há excelentes centros culturais gratuitos em Los Angeles. Um deles é o Annenberg Space for Photography, com exposições fotográficas fabulosas.

Miami

ventdusud/Getty Images/iStockphoto
Imagem: ventdusud/Getty Images/iStockphoto

Miami e a vizinha Miami Beach (na foto) estão entre os destinos mais populares entre brasileiros nos Estados Unidos (e têm interessantes lugares com entrada gratuita).

Em Miami Beach, por exemplo, ficam as mais célebres praias desta área, como South Beach, que possui uma orla cheia de edifícios art déco (não deixe de admirar a famosa arquitetura do Colony Hotel).

South Pointe, por sua vez, é ideal para famílias, oferecendo praia e um lindo parque.

Já em Miami, reserve uma tarde para caminhar pelas ruas da região de Wynwood, que é um verdadeiro museu a céu aberto gratuito: a área ficou famosa por ter diversos de seus muros cobertos por grafites impressionantes.

Para mais cultura, vá até o Institute of Contemporary Art, com um acervo de fascinantes obras de arte contemporânea e entrada sem custo (os ingressos podem ser reservados pelo site).

Chicago

roman_slavik/Getty Images
Imagem: roman_slavik/Getty Images

Chicago é uma cidade que oferece uma infinidade de espaços públicos, monumentos arquitetônicos e obras de arte incríveis para os turistas, que podem ser admirados gratuitamente.

O Navy Pier, por exemplo, é uma área de lazer localizada junto ao lago Michigan que oferece vista privilegiada para os arranha-céus da cidade (no verão norte-americano, o local é cenário para espetáculos de fogos de artifício).

O Millennium Park, por sua vez, é a joia da coroa entre os parques de Chicago, com seu terreno marcado por belíssimas áreas verdes, obras de arte marcantes (como a escultura Cloud Gate, do indiano Anish Kapoor, que lembra um feijão prateado, na foto) e frequentes apresentações artísticas gratuitas, como shows de dança e música.

Para curtir ótimas manifestações artísticas em espaços fechados (e sem gastar com ingresso), vale a pena visitar o DePaul Art Museum, com um ótimo acervo de obras de arte contemporânea.

E, no verão, visitantes de Chicago podem frequentar praias banhadas pelo lago Michigan. A North Avenue Beach e a Oak Street Beach estão entre as mais populares delas.

Orlando

Divulgação/Visit Orlando
Imagem: Divulgação/Visit Orlando

Orlando é a meca dos parques de diversão (cujos ingressos costumam ser bem carinhos).

Mas, na metrópole da Flórida, é também possível curtir espaços gratuitos que prometem um bom entretenimento.

Um destes destinos que costuma agradar os turistas é o Lake Eola Park (na foto), área verde situada no centro da cidade, marcada por um lindo lago e cheia de áreas arborizadas para uma caminhada tranquila. Lá também fica o Walt Disney Amphitheater, onde frequentemente são realizadas apresentações musicais gratuitas.

O Disney's BoardWalk, por sua vez, fica em Lake Buena Vista (pertinho de Orlando) e é um calçadão de 400 metros de extensão da Disney com arquitetura inspirada em destinos costeiros americanos como Coney Island. É um lugar de acesso gratuito, mas cheio de restaurantes e lojas onde você provavelmente irá gastar algo. Mas dá para simplesmente fazer uma agradável caminhada por lá sem ter que colocar muito a mão na carteira.

E Old Town é uma atração turística localizada em Kissimmee (a aproximadamente 40 km de Orlando) e inspirada na arquitetura de cidades da Flórida de antigamente, em um ambiente delicioso para bater perna. Trata-se de um lugar cheio de lojas e restaurantes, mas que tem entrada gratuita e onde são realizadas apresentações artísticas (como shows musicais) sem cobrança de ingresso.

San Francisco

diegograndiqGetty Images/iStockphoto
Imagem: diegograndiqGetty Images/iStockphoto

San Francisco tem diversas atrações turísticas gratuitas relacionadas ao mundo da arquitetura e outras áreas da cultura.

A via Clarion Alley, por exemplo, que fica na região de Mission, é um museu a céu aberto com diversos grafites de altíssima qualidade em seus muros.

Também não custa nada entrar no Fort Point, um forte construído no século 19 para defender a baía de San Francisco e que oferece uma lista vista da área.

E o grande cartão-postal de San Francisco é também uma atração gratuita: prepare as pernas e faça uma caminhada que atravesse a Golden Gate.

A ponte possui espaço para pedestres e é simplesmente maravilhoso admirar sua arquitetura durante uma andança sobre sua estrutura.

Nova Orleans

Rainer Puster/Getty Images
Imagem: Rainer Puster/Getty Images

Nova Orleans é um prato cheio para quem busca um dia cheio de diversão e com nenhum ingresso para pagar.

Isso porque esta fantástica cidade da Louisiana abriga uma área chama French Quarter, onde é possível curtir música, arquitetura e belos espaços públicos que não cobram entrada.

Diversas vias do French Quarter são dominadas por músicos de rua tocando jazz e blues de altíssima qualidade, em um verdadeiro deleite para os ouvidos.

Os espetáculos têm como pano de fundo os antigos casarões da área, célebres por suas varandas de ferro forjado, que rendem grandes fotos.

A principal rua local é a Bourbon Street, que, na época do Carnaval, é palco para o Mardi Gras, uma das mais divertidas festas de rua dos Estados Unidos.

Do French Quarter vale a pena andar até o rio Mississippi, para uma caminhada junto à água. No percurso, admire a catedral de Nova Orleans, um dos mais icônicos edifícios da cidade.

Roteiros internacionais